Busca avançada
Ano de início
Entree

Validação de definições de caso de dengue em crianças e adolescentes residentes em Araraquara, uma cidade endêmica do estado de São Paulo

Processo: 14/21527-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2015 - 31 de outubro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Pesquisador responsável:Fredi Alexander Diaz Quijano
Beneficiário:Fredi Alexander Diaz Quijano
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Claudio Sergio Pannuti ; Eliseu Alves Waldman ; Expedito José de Albuquerque Luna ; Gerusa Maria Figueiredo
Bolsa(s) vinculada(s):15/09917-0 - Validação de definições de caso de dengue em crianças e adolescentes residentes em Araraquara, uma cidade endêmica do Estado de São Paulo, BP.TT
Assunto(s):Vigilância em saúde pública  Diagnóstico clínico  Dengue  Araraquara (SP)  Crianças  Adolescentes 

Resumo

Objetivos: Validar definições de caso suspeito e provável de dengue, baseadas em um escore de diagnóstico clínico, e compará-las com as definições indicadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Metodologia: Trata-se de um estudo de avaliação de tecnologia diagnóstica, aninhado numa coorte de base populacional de 3.400 crianças e adolescentes (de 2 a 16 anos de idade) residentes em Araraquara, uma cidade endêmica de dengue. Esta coorte será acompanhada durante um período de três anos para a detecção de novos casos de síndrome febril aguda, os quais serão investigados com testes específicos para o diagnóstico de dengue. O presente projeto estudará uma coorte prospectiva de pacientes com síndrome febril aguda de origem desconhecida (SFA-OD), derivada da anterior, no período de 2015 à 2016. Neste grupo (n=364), que incluirá tanto casos de dengue quanto de outras causas de SFA-OD, será estimada a validade de diferentes definições de caso de dengue, incluindo as estabelecidas pela OMS e uma proposta com base num estudo previo realizado em outra população. Como padrão de referência (padrão ouro), serão considerados os resultados das provas sorológicas e virológicas, incluindo IgM, antígeno NS1 e PCR em tempo real. Análise: A sensibilidade e especificidade das definições de caso serão estimadas e comparadas usando o teste exato de McNemar para proporções pareadas. Posteriormente, com base nestes resultados serão propostos algoritmos diagnósticos integrando critérios clínicos e de laboratório para otimizar as ferramentas disponíveis nas áreas endêmicas.Resultados esperados: Espera-se obter uma medida da validade das definições de caso. Desta forma, pretende-se apresentar critérios para determinar quais ferramentas utilizar na vigilância do dengue, na estimativa da carga da doença e na avaliação das intervenções em saúde pública. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DIAZ-QUIJANO, FREDI A.; FIGUEIREDO, GERUSA M.; WALDMAN, ELISEU A.; FIGUEIREDO, WALTER M.; CARDOSO, MARIA R. A.; CAMPOS, SERGIO R. C.; COSTA, ANGELA A.; PANNUTI, CLAUDIO S.; LUNA, EXPEDITO J. A. Comparison of clinical tools for dengue diagnosis in a pediatric population-based cohort. Transactions of the Royal Society of Tropical Medicine and Hygiene, v. 113, n. 4, p. 212-220, APR 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.