Busca avançada
Ano de início
Entree

Projetos abertos em letras digitais da FCLAr/UNESP na plataforma Perseids e no programa Sunoikisis Europe, sediados em The Humboldt Digital Humanities Chair da Universidade de Leipzig

Processo: 15/00498-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 12 de abril de 2015 - 19 de abril de 2015
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Linguística Aplicada
Pesquisador responsável:Anise de Abreu Goncalves D'Orange Ferreira
Beneficiário:Anise de Abreu Goncalves D'Orange Ferreira
Pesquisador visitante: Monica Berti
Inst. do pesquisador visitante: Leipzig University, Alemanha
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Linguística de corpus  Corpus  Ensino e aprendizagem 

Resumo

Monica Berti, pesquisadora da U. de Leipzig na The Humboldt Chair of Digital Humanities, atuará em duas frentes principais dentro dos "Projetos Abertos em Letras Digitais da FCLAr/UNESP na plataforma Perseids e no Programa Sunoikisis Europe, sediados em The Humboldt Digital Humanities Chair da Universidade de Leipzig. Primeiramente, como coordenadora do programa Sunoikisis Europa, sediado na mesma universidade, em cooperação com o tradicional Sunoikisis do Centro de Estudos Helênicos de Harvard. O PPG em Linguística e Língua Portuguesa da Fac. de C. e Letras da UNESP de Araraquara participa desse programa, oferecendo, com o PPG em Estudos Literários, a disciplina no 1º semestre de 2015, anunciada e intitulada "Trabalhando com textos digitais em ferramentas baseadas em web", uma edição especial que fará parte do programa Sunoikisis Europa, visando à anotação, tradução e estudo de corpus digital de textos de Tucídides. Do Sunoikisis Europa e da disciplina associada, vão participar universidades dos EUA, Áustria, Alemanha, Bulgária, Croácia, Finlândia, França, Geórgia, Grécia, Inglaterra e Itália. Essa disciplina será compartilhada em seminários online, com a participação de todos, e sessões locais de cada instituição, com seus professores e alunos. Objetiva-se aumentar a instrumentalização linguística e digital, e aprimorar a formação de professores e alunos, para atuação em esforços colaborativos de ampliação de corpora digitais abertos, anotados, de línguas históricas e respectivas traduções em línguas modernas, para pesquisa e ensino, referentes ao projeto mais amplo Open Philology também sediado em Leipzig. Esse, liderado por Gregory Crane (Leipzig U. e Tufts U., EUA), é um projeto comprometido com publicações eletrônicas, legíveis e recuperáveis por máquina, sob licença Creative Commons CC­BY­SA, subdividido em três sub-projetos: 1) Open Greek and Latin, para deixar disponível ao público textos originais de grego e latim, com traduções modernas e árabe clássico. Sua meta é ter ao menos uma versão de cada obra grega e latina, desde a antiguidade até 600 d.C., digitalizada, textualizada em OCR, anotada morfológica e sintaticamente no padrão TEI-XML, e indexada e catalogada de acordo com CTS/ CITE architecture; 2) The Historical Language e­Learning, para proporcionar o estudo das línguas a todos, e 3) a Biblioteca Digital Scaife, para integrar diversas fontes textuais e arqueológicas. Nosso interesse nesse projeto colaborativo concerne à escassez de traduções de obras gregas em português, quando se compara com outras línguas europeias, e praticamente à inexistência de traduções abertas, em português, vinculadas eletronicamente aos textos gregos e latinos anotados, legíveis por máquina, para fins de pesquisa e ensino. Os projetos em andamento na FCLAr/UNESP visam a promover traduções abertas em português e anotações das fontes gregas, para ampliar o acesso a recursos de ensino e pesquisa na área, e incentivar mais alunos e professores de áreas afins a participarem. A presença da coordenadora do Sunoikisis destina-se a discutir detalhes e dúvidas específicas dos procedimentos de docência e produção discente durante as atividades envolvendo os participantes locais e convidados, com a oportunidade de um contato próximo, em treinamento de curto prazo, mas intensivo e direto de procedimentos de anotação do corpus que será foco do curso. Em segundo lugar, a professora é também especializada na edição e anotação digital específicas na plataforma "Perseids", na qual serão feitas todas as anotações disponíveis do corpus-fonte e as edições de alinhamento de traduções. Pois é, ainda, editora-chefe do sub-projeto The Leipzig Open Fragmentary Texts Series, realizado na mesma plataforma. Nossos projetos que utilizaram a plataforma Alpheios até 2014, passarão a usar a plataforma Perseids. A colaboração da visitante aos projetos locais se dará também na orientação dos recursos da Perseids. (AU)