Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do estresse agudo por restrição e do tratamento com a clozapina na modulação das respostas de inibição por pré-pulso do reflexo de sobressalto acústico, reconhecimento de objetos novos, interação social e suas correlações neurofisiológicasemratos

Processo: 14/16634-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2015 - 31 de agosto de 2017
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Fisiológica
Pesquisador responsável:Regina Cláudia Barbosa da Silva
Beneficiário:Regina Cláudia Barbosa da Silva
Instituição-sede: Instituto de Saúde e Sociedade (ISS). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Baixada Santista. Santos , SP, Brasil
Assunto(s):Clozapina  Atenção (processos psicológicos)  Esquizofrenia  Isolamento social  Estresse psicológico  Ratos 

Resumo

O estresse é um a fator de risco importante no desenvolvimento de vários transtornos psiquiátricos incluindo a esquizofrenia. O objetivo do presente estudo é o de avaliar se os efeitos da exposição ao estresse agudo por restrição poderá afetar negativamente aspectos cognitivos e a função social em ratos Wistar machos. A restrição será utilizada como um estímulo estressor agudo, pois é um modelo de estresse inescapável bastante utilizado para o estudo de alterações comportamentais e de neuroplasticidade em ratos. Os domínios cognitivos de interesse neste estudo são atenção e memória que serão avaliados através de dois testes: Inibição por Pré-Pulso (IPP) do Reflexo de Sobressalto Acústico e Reconhecimento de Objetos Novos, respectivamente. A resposta de IPP ocorre quando um estímulo acústico fraco (pré-pulso) é apresentado imediatamente antes de um estímulo acústico forte (pulso), reduzindo a magnitude da resposta de sobressalto, constituindo-se em uma medida operacional de entrada sensório-motora. Pacientes com esquizofrenia exibem déficits de IPP. O teste de Reconhecimento de Objetos Novos avalia a memória de reconhecimento visual, permitindo a comparação entre estímulos apresentados e informações previamente armazenadas. Problemas no funcionamento social são características freqüentes e persistentes em pacientes com esquizofrenia. Para avaliar o isolamento social nós utilizaremos o modelo de interação social. Este teste mede uma série de comportamentos sociais apresentados por roedores em sua interação com um con-específico não familiar. Na tentativa de traçarmos um paralelo com a clínica, pretendemos verificar se o tratamento com a clozapina (5 mg/kg; IP), um antipsicótico atípico largamente utilizado na clínica, será capaz de reverter ou atenuar os déficits, produzidos pela restrição aguda nos parâmetros comportamentais avaliados. Além disso, serão mapeadas, através do estudo de imunorreatividade à proteinaFos, as áreas associadas a resposta de estresse ativadas pela restrição aguda dos ratos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE OLIVEIRA, RODOLPHO PEREIRA; NAGAISHI, KAREN YURIKO; BARBOSA SILVA, REGINA CLAUDIA. Atypical antipsychotic clozapine reversed deficit on prepulse inhibition of the acoustic startle reflex produced by microinjection of DOI into the inferior colliculus in rats. Behavioural Brain Research, v. 325, n. A, p. 72-78, MAY 15 2017. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.