Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da vitamina 25 (OH)D sobre a expressão de receptor Toll-like e mediadores inflamatórios no ambiente urêmico

Processo: 14/14192-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2015 - 31 de maio de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Maria Aparecida Dalboni
Beneficiário:Maria Aparecida Dalboni
Instituição-sede: Universidade Nove de Julho (UNINOVE). Campus Vergueiro. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Nefrologia  Uremia  Vitamina D  Estresse oxidativo  Receptores toll-like  Monócitos 

Resumo

Além da vitamina D estar associada com o metabolismo do cálcio e fósforo, tem sido descrito que a vitamina D também está envolvida na modulação de mecanismos de células da imunidade inata. A descoberta que o receptor da vitamina D (VDR) e a enzima 1±-hidroxilase (CYP27b1) estão presentes nas células do sistema imune, tem revolucionado o campo da imunologia associada a vitamina D. Sabe-se que pacientes com doença renal crônica (DRC) apresentam deficiência desta vitamina, devido a perda da massa renal funcionante. Além disso, estes pacientes apresentam maiores episódios de infecção e inflamação comparados com a população normal. Estudos demonstram que a vitamina D é capaz de regular a expressão de peptídeos antimicrobianos endógenos contra agentes infecciosos específicos e de regular a expressão de receptores do tipo toll-like presentes em neutrófilos, monócitos e linfócitos; e que uma vez ativados, resultam em maior síntese de mediadores inflamatórios.Assim, é possível que a deficiência da vitamina D encontrada nos pacientes com DRC seja um dos mecanismos que resulta em menor resposta a insultos infecciosos e maior incidência de inflamação nesta população. Neste estudo será utilizado um modelo "in vitro" para avaliação do efeito da vitamina D sobre a expressão de receptores toll-like e mediadores inflamatórios frente ao insulto do soro urêmico.Desta forma, estudar o efeito da vitamina D sobre a modulação da resposta inflamatória em um modelo de células da imunidade inata frente a um ambiente urêmico é pertinente como futura estratégia terapêutica de baixo custo e permitirá avaliar mecanismos envolvidos nesta modulação. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.