Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de subtipos moleculares baseados no perfil imunoistoquímico de carcinomas mamários triplo-negativos em mulheres com idade até 45 anos e sua distribuição nas diferentes regiões geográficas do Brasil

Processo: 14/15472-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2015 - 28 de fevereiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Filomena Marino Carvalho
Beneficiário:Filomena Marino Carvalho
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Epidemiologia  Neoplasias mamárias  Neoplasias de mama triplo negativas  Imuno-histoquímica  Mulheres  Jovens 

Resumo

Carcinomas mamários triplo-negativos correspondem a grupo heterogêneo de neoplasias mamárias, caracterizadas pela ausência de expressão dos receptores de estrogênio e progesterona e sem amplificação ou superexpressão do HER2. São mais prevalentes em mulheres jovens e em afrodescendentes. Eles se associam frequentemente ao fenótipo basal-símile determinado geneticamente, entretanto, incluem também outros tipos moleculares intrínsecos. Metodologias de análise genética de novas gerações tem permitido sua estratificação em subgrupos distintos, o que justifica a heterogeneidade clínica deste grupo de neoplasias. A identificação destes subgrupos através de marcadores imunoistoquímicos de aplicação prática ainda é pouco explorada, embora seja uma ferramenta promissora na sua estratificação e determinação de alvos terapêuticos. Nosso objetivo é explorar os perfis imunoistoquímicos dos carcinomas mamários triplo-negativos em mulheres com idade até 45 anos e investigar possíveis diferenças entre as cinco regiões geográficas brasileiras, já que estas se caracterizam por populações com diferentes contribuições raciais e com importantes diferenças climáticas e de hábitos de vida. Para isto, selecionaremos amostras de tumores de pacientes com idade até 45 anos, com carcinoma invasivo, blocos de parafina disponíveis e perfil imunoistoquímico triplo-negativo, procedentes das cinco regiões geográficas. Estes casos serão revisados quanto a determinação de tipo e grau histológico, e as seguintes características anatomopatológicas: contorno do tumor, presença e fração do componente "in situ", embolização vascular peritumoral, tipo e grau da reação estromal, presença de necrose tumoral e formação de túbulos pela neoplasia. Serão selecionadas áreas representativas do tumor para construção de blocos de microarranjos de tecido para estudo imunoistoquímico. Serão pesquisados os seguintes marcadores: citoqueratinas basais 5/6, citoqueratinas luminais 8 e 18, Receptor do fator de crescimento epidérmico (EGFR ou HER1), receptor de androgênio, e-caderina, catenina-beta, claudinas 3, 4 e 7, vimentina, actina de músculo liso, p63, ALDH1 e Ki-67. De acordo com a expressão dos marcadores, os tumores serão classificados nos subgrupos basal (expressão de citoqueratina 5/6 e/ou EGFR-positivo), claudina-baixo (claudinas e e-caderina-negativos), mesenquimal (vimentina-positivo), apócrino (receptor de androgênio-positivo), mioepitelial (p63 ou actina de músculo liso positivos), com perfil de células tronco (ALDH1 positivo), ou indefinido (padrões negativo para todos os marcadores ou mistos não classificáveis). Nestes subtipos a atividade proliferativa será analisada através da expressão de Ki-67. A distribuição dos diferentes subgrupos será analisada nas cinco regiões geográficas. As médias de idade das pacientes serão comparadas em cada subgrupo molecular e nas diferentes regiões geográficas. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MASILI-OKU, SERGIO MITSUO; LACERDA DE ALMEIDA, BERNARDO GOMES; BACCHI, CARLOS EDUARDO; FILASSI, JOSE ROBERTO; BARACAT, EDMUND CHADA; CARVALHO, FILOMENA MARINO. Lymphocyte-predominant triple-negative breast carcinomas in premenopausal patients: Lower expression of basal immunohistochemical markers. BREAST, v. 31, n. SI, p. 34-39, FEB 2017. Citações Web of Science: 3.
MASILI-OKU, SERGIO MITSUO; BACCHI, CARLOS EDUARDO; FERNANDES, FELIPE SEABRA; FILASSI, JOSE ROBERTO; BARACAT, EDMUND C.; CARVALHO, FILOMENA MARINO. The Apocrine Profile of Triple-negative Breast Carcinomas in Patients Aged 45 Years or Younger: favorable but rare features. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, v. 38, n. 10, p. 512-517, OCT 2016. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.