Busca avançada
Ano de início
Entree

Resposta de Trypanosoma cruzi ao meio ambiente: matriz extracelular e mudanças de pH

Processo: 14/25494-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2015 - 31 de agosto de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Bioquímica de Microorganismos
Pesquisador responsável:Maria Julia Manso Alves
Beneficiário:Maria Julia Manso Alves
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Óxido nítrico  Transdução de sinais  Proteínas de matriz extracelulares  Fosforilação 

Resumo

Modificações pós-traducionais de proteínas são mecanismos comuns utilizados na transmissão de sinais extracelulares capazes de induzir diferentes ações celulares. Já há alguns trabalhos na literatura sobre as modificações de proteínas nas formas infectantes de T. cruzi (tripomastigotas) em resposta a meios fisiologicamente relevantes: na etapa de adesão à matriz extracelular (importante na invasão de células do hospedeiro) e durante a acidificação do meio, condição encontrada no vacúolo parasitóforo e fundamental para a diferenciação para o estágio de amastigota intracelular (amastigogênese). De maneira geral, serão analisadas nesses dois casos as modificações nos níveis de fosforilação e S-nitrosilação de proteínas (adição covalente de NO ao grupo tiol da cisteína). Como as modificações por nitração e S-nitrosilação relacionam-se com a presença direta ou indireta de óxido nítrico, serão estudadas as atividades de síntese de NO, os níveis de cAMP e cGMP e identificadas as vias de sinalização envolvidas nas etapas precoces da amastigogênese. O flagelo de tripanosomatídeos tem sido apontado como um captador de sinais externos e as proteínas flagelares e as associadas à estrutura do paraflagellar rod de T.cruzi incubados com ECM ou em meio de pH acidificado serão um dos focos de estudo. Uma vez que o flagelo é eliminado durante a amastigogênese, essa primeira análise poderá indicar proteínas envolvidas na exflagelação. Este trabalho deverá contribuir para o entendimento dos eventos moleculares desencadeados durante a interação T. cruzi com a matriz extracelular e durante a amastigogênese in vitro, ambos essenciais para o estabelecimento da infecção invasão da célula hospedeira. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MATTOS, ELICIANE C.; CANUTO, GISELE; MANCHOLA, NUBIA C.; MAGALHAES, RUBENS D. M.; CROZIER, THOMAS W. M.; LAMONT, DOUGLAS J.; TAVARES, MARINA F. M.; COLLI, WALTER; FERGUSON, MICHAEL A. J.; ALVES, MARIA JULIA M. Reprogramming of Trypanosoma cruzi metabolism triggered by parasite interaction with the host cell extracellular matrix. PLoS Neglected Tropical Diseases, v. 13, n. 2 FEB 2019. Citações Web of Science: 1.
BAPTISTA CANUTO, GISELE ANDRE; DORR, FABIANE; GHILARDI LAGO, JOAO HENRIQUE; TEMPONE, ANDRE GUSTAVO; PINTO, ERNANI; PIMENTA, DANIEL CARVALHO; SIMON FARAH, JOAO PEDRO; MANSO ALVES, MARIA JULIA; MAGGI TAVARES, MARINA FRANCO. New insights into the mechanistic action of methyldehydrodieugenol B towards Leishmania (L.) infantum via a multiplatform based untargeted metabolomics approach. METABOLOMICS, v. 13, n. 5 MAY 2017. Citações Web of Science: 2.
MANSO ALVES, MARIA JULIA; KAWAHARA, REBECA; VINER, ROSA; COLLI, WALTER; MATTOS, ELICIANE CEVOLANI; THAYSEN-ANDERSEN, MORTEN; LARSEN, MARTIN ROSSEL; PALMISANO, GIUSEPPE. Comprehensive glycoprofiling of the epimastigote and trypomastigote stages of Trypanosoma cruzi. JOURNAL OF PROTEOMICS, v. 151, n. SI, p. 182-192, JAN 16 2017. Citações Web of Science: 17.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.