Busca avançada
Ano de início
Entree

Visitas, palestras e cooperações científicas junto ao grupo de inovação em instrumentação médica e ultrassom da USP de Ribeirão Preto

Processo: 14/26889-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 21 de maio de 2015 - 23 de maio de 2015
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Biomédica - Bioengenharia
Pesquisador responsável:Antonio Adilton Oliveira Carneiro
Beneficiário:Antonio Adilton Oliveira Carneiro
Pesquisador visitante: Matthew O'Donnell
Inst. do pesquisador visitante: University of Washington, Estados Unidos
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/18854-6 - Imagens fotoacústicas e ultrassônicas para caracterização de tecidos viscoelásticos, AP.JP
Assunto(s):Ultrassom  Fotoacústica  Técnicas de imagem por elasticidade 

Resumo

O professor Matthew O'Donnell é pesquisador renomado na área de bioengenharia da Universidade de Washington em Seattle, WA, além de possuir um histórico admirável em gestão de centros de pesquisa e ensino na de tecnologia aplicada à saúde humana. Em suas pesquisas mais recentes, ele tem explorado novas modalidades de imagem, incluindo a elastografia, microscopia in vivo, imagens optoacústicas, agentes de contraste fotoacústica para gerar imagens moleculares e terapia, imagens termoelásticas e dispositivos baseados em cateter. Ele já ganhou inúmeros prêmios, incluindo o prêmio Distinguished Alumni da Universidade de Notre Dame e o prêmio de mérito do IEEE Ultrasonics, ferroelétricos, e Sociedade de Controle de Frequência. Ele é um membro da IEEE e AIMBE e é membro da Academia de Ciências do Estado de Washington e da Academia Nacional de Engenharia. As pesquisas desenvolvidas pelo Professor Matthew têm fortes correlações com as linhas de pesquisas do grupo de Inovação em Instrumentação Médica e Ultrassom (GIIMUS) da Universidade de São Paulo-Campus de Ribeirão Preto. Além disso, essas pesquisas fazem uso de técnicas de investigações científicas comumente utilizadas por uma grande comunidade científica que frequentam o Encontro Nacional da Matéria Condensada. Dentre as principais técnicas, podemos destacar a fotoacústica e a óptica em sistemas biológicos. Sua experiência no desenvolvimento e aplicações de novas tecnologias no apoio ao diagnóstico e terapia clínica será amplamente apreciada pela comunidade de Física e áreas afins do Brasil que atuam em áreas aplicadas, principalmente na área da saúde. Suas habilidades envolvendo técnicas óticas e ultrassônicas para o apoio ao controle da saúde humana proporcionará novas ideias e novas parcerias com grupos de pesquisas no Brasil. Por exemplo, atualmente o nosso grupo (GIIMUS) está trabalhando no desenvolvimento de protocolos de aplicações de imagens elastográficas, fotoacústicas e termoelásticas. (AU)