Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo duplo-cego, randomizado e placebo-controlado sobre os efeitos da estimulação magnética transcraniana repetitiva em pessoas obesas com transtorno de compulsão alimentar

Processo: 14/04258-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2015 - 31 de março de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Psiquiatria
Pesquisador responsável:Angélica de Medeiros Claudino
Beneficiário:Angélica de Medeiros Claudino
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Transtorno da compulsão alimentar  Obesidade  Estimulação magnética transcraniana  Neuroimagem  Biomarcadores 

Resumo

A presença de compulsão alimentar (CA) é uma característica central das síndromes bulímicas. O transtorno de compulsão alimentar (TCA) é uma nova categoria no DSM-5 e com frequência se encontra associado a um elevado índice de massa corporal (IMC). Os mecanismos neurais subjacentes à CA são de grande interesse no que diz respeito ao desenvolvimento de novas intervenções. Evidências sugerem que a fissura por drogas e a fissura por comida compartilham mecanismos neurais semelhantes. Estes demonstram uma hiperatividade nos córtices orbitofrontal e cingulado anterior, bem como falha na influência reguladora dos circuitos prefrontais laterais. Vários estudos invadores começaram a avaliar os potenciais benefícios da estimulação cerebral na redução do desejo por comida e dos comportamentos aditivos, com resultados promissores. Descobertas anteriores testando uma única sessão de estimulação magnetica transcraniana repetitiva (EMTr) em mulheres saudáveis com altos níveis de fissura por alimentos e em indivíduos com bulimia nervosa ou transtorno alimentar do tipo bulímico relatam redução da fissura por alimentos e da CA, fornecendo evidências que dão suporte a uma investigação mais ampla e aprofundada dos benefícios associados à EMTr. Os estudos com neuroimagem contribuíram de forma significativa para a compreensão dos transtornos psiquiátricos e dos mecanismos neurais afetados pela intervenção com EMTr. Objetivos: o objetivo primário é investigar os efeitos da EMTr sobre a frequência dos episódios de CA. Objetivos secundários incluem a avaliação dos efeitos da EMTr sobre a fissura por comida, peso corporal, atividade cerebral, cognição, psicopatologia geral e regulação hormonal. Métodos: sessenta mulheres obesas com TCA serão randomizadas para receber 1 sessão de EMTr (n=30) ou placebo (n=30) 3 dias/semana, totalizando 20 sessões. Resultados Esperados: o principal resultado esperado é que a intervenção com EMTr irá reduzir a fissura por alimentos e a frequência das CA. Consequentemente, espera-se que o peso também seja reduzido. Espera-se ainda que haja melhora do desempenho cognitivo e do perfil dos marcadores biológicos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MARANHAO, MARA FERNANDES; ESTELLA, NARA MENDES; COGO-MOREIRA, HUGO; SCHMIDT, ULRIKE; CAMPBELL, IAIN C.; CLAUDINO, ANGELICA MEDEIROS. Concept and evaluation of food craving: unidimensional scales based on the Trait and the State Food Craving Questionnaire. Cadernos de Saúde Pública, v. 34, n. 5 2018. Citações Web of Science: 1.
MARANHAO, MARA FERNANDES; ESTELLA, NARA MENDES; GISBERT CURY, MARIA ELISA; AMIGO, VERUSKA LASTORIA; PICASSO, CLARISSA MOLLINERO; BERBERIAN, ARTHUR; CAMPBELL, IAIN; SCHMIDT, ULRIKE; CLAUDINO, ANGELICA MEDEIROS. The effects of repetitive transcranial magnetic stimulation in obese females with binge eating disorder: a protocol for a double-blinded, randomized, sham-controlled trial. BMC Psychiatry, v. 15, AUG 12 2015. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.