Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação e melhoramento de linhagens transgênicas de Aedes aegypti para controle de transmissão de dengue

Processo: 13/19921-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2015 - 30 de novembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Entomologia e Malacologia de Parasitos e Vetores
Pesquisador responsável:Margareth de Lara Capurro-Guimarães
Beneficiário:Margareth de Lara Capurro-Guimarães
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Assunto(s):Controle de vetores  Mosquitos geneticamente modificados  Aedes aegypti  Vetores de doenças  Vírus da dengue  Dengue  Vírus Zika 

Resumo

A proposta desse projeto se baseia no uso de linhagens transgênicas de Ae. aegypti, como medida agregadora aos métodos de controle de dengue já utilizados. Os resultados da linhagem OX513A mostraram que a estratégia de redução de população é viável. Entretanto, ela é única e pode ser melhorada. Nossa estratégia se baseia na criação e utilização de três linhagens de Ae. aegypti modificadas. A primeira atuando na supressão de populações (Macho estéril) acoplada com a segunda linhagem que é geneticamente modificada para a produção somente de machos (GSS) e a terceira atuando na introdução gênica (Vírus-letal) Em termos de inovação e melhoria da linhagem de supressão de populações temos dois pontos: o primeiro é que para a produção de machos estéreis, a tetraciclina não será usada na criação (somente na produção das colônias), com isso reduzindo o custo da produção assim como o tratamento da água de produção. Além disso com a obtenção da linhagem GSS (somente machos) não precisaríamos separar fisicamente os machos das fêmeas e 100% da produção será liberada, melhorando muito a eficiência do processo. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Mosquito transgênico pode ser peça-chave no combate às arboviroses 
Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio:
Um vilão de muitas caras 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.