Busca avançada
Ano de início
Entree

Comunicação e sistemas sensoriais em anuros da Mata Atlântica

Processo: 14/23388-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2015 - 30 de abril de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Comportamento Animal
Pesquisador responsável:Luis Felipe de Toledo Ramos Pereira
Beneficiário:Luis Felipe de Toledo Ramos Pereira
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesq. associados:Carlos Alberto Gonçalves Silva Jared ; Gustavo Silva Wiederhecker ; Igor Soares de Oliveira ; Lucas Rodriguez Forti ; Matthew James Mason ; Rafael Ignacio Marquez Martinez de Orense ; Sandra Goutte
Bolsa(s) vinculada(s):15/08861-0 - Curadoria e aumento da produtividade da maior coleção de sons da América do Sul: Fonoteca neotropical Jacques Vielliard, BP.TT
Assunto(s):Anura  Vocalização animal  Comunicação animal  Etologia  Evolução animal  Mata Atlântica 

Resumo

O estudo da comunicação acústica em anfíbios pode ser focado em diferentes aspectos. Tradicionalmente tais estudos concentram-se na descrição das vocalizações de anúncio, nas interações intraespecíficas reprodutivas ou agonísticas, ou mesmo na utilização dos cantos como caracteres diagnósticos em descrições de táxons. No entanto, diversas outras abordagens podem ser dadas à bioacústica ou outras formas de comunicação dos anuros. Neste sentido, este projeto reúne cinco subprojetos que focam em estudos não tradicionais sobre comunicação e sistemas sensoriais (também raramente estudados) no Brasil. Estes versam sobre i) funções dos gritos de agonia, ii) caminhos da audição em espécies sem tímpano ou orelha média, iii) comunicação em espécies mudas, iv) estudo micro e macro evolutivo sobre a vocalização de anúncio dos anuros, e v) possível entendimento da perda da visão em uma espécie doméstica introduzida. Os projetos serão todos sediados na Unicamp e coordenados pelo pesquisador responsável da proposta. Os laboratórios associados possuem infraestrutura básica e metade dos projetos já conta com bolsas de estudos aos pesquisadores. Desta forma garantimos a boa execução do projeto. De maneira integrada, pretendemos preencher lacunas importantes no âmbito da comunicação em anuros, tendo como panorama a evolução do comportamento e como bioma a mata Atlântica. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Pesquisadores descrevem nova espécie de rã no Nordeste 
Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio:
Epidemiologia retroativa 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.