Busca avançada
Ano de início
Entree

Eugepae: comédia nova romana e sua recepção

Processo: 15/00921-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Organização de Reunião Científica
Vigência: 08 de junho de 2015 - 12 de junho de 2015
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Literaturas Clássicas
Pesquisador responsável:Isabella Tardin Cardoso
Beneficiário:Isabella Tardin Cardoso
Instituição-sede: Instituto de Estudos da Linguagem (IEL). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Comédia  Literatura latina 

Resumo

O congresso tem como tema a comédia produzida em Roma antiga (entre os séculos III e II a.C.). Um dos principais objetivos do evento é explorar diversos aspectos da obra cômica romana e proporcionar sua discussão por meio de diversas abordagens atualmente aplicadas aos textos de comédia romana antiga. Dentre essas abordagens, privilegiamos as que tratam da "recepção", quer no sentido apresentado por W. Iser e aplicado na linha de, por exemplo, estudos intertextuais em Letras Clássicas; quer no sentido desenvolvido por H. R. Jauss, com ampla influência nos estudos de C. Martindale, bem como mais recentemente, na esteira dos chamados "Classical Reception Studies", que, embora com maior interesse na tragédia antiga, mas que aos poucos se voltam para pesquisas também sobre textos legados por Plauto e por Terêncio. Nas palestras e discussões, trata-se a) das comédias desses autores e o modo como tematizam as mais variadas questões (sobre gênero poético, gênero sexual, religiosidade, identidade), b) das comédias romanas como uma adaptação de espetáculos e textos prévios (a comédia nova grega; os espetáculos itálicos do mimo e da fabula Atelana). Trata-se também c) das reprises, a interpretação e fortuna crítica que a comédia romana recebeu na Antiguidade: não apenas junto aos coevos dos poetas cômicos, mas também em gerações posteriores (como a Cícero, Quintiliano, Marcial) e d) em outras épocas (por exemplo, no Renascimento italiano e inglês), chegando-se até os dias atuais (na Espanha e no Brasil). O evento terá como palestrantes alguns dos mais importantes e atuantes pesquisadores sobre Comédia Romana no âmbito internacional, cujas obras estudamos em nosso país - com destaque a N.W. Slater (e os quais, em sua maioria pela primeira vez estarao no Brasil). Teremos ainda pesquisadores brasileiros de diversas gerações (vários deles apoiados pela Fapesp), todos eles com importantes contribuições sobre o tema. (AU)