Busca avançada
Ano de início
Entree

Sistema de gestão de Big Bags laváveis, baseado em tecnologia RFID

Processo: 14/50405-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de maio de 2015 - 31 de janeiro de 2016
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Produção - Engenharia do Produto
Pesquisador responsável:José Caruso Gomes
Beneficiário:José Caruso Gomes
Empresa:Saveway Comércio e Representações de Softwares Ltda
Município: Campinas
Bolsa(s) vinculada(s):15/11624-0 - Bolsa TT4 - desenvolvimentos tecnologia da informação - TT-SW - visão, requisitos, arquitetura, desenvolvimento e Testes de Software para gestão de Big Bags através de RFID, BP.TT
Assunto(s):Segurança alimentar  Coleta de dados  Radiofrequência 

Resumo

Este projeto de pesquisa propõe a aplicação da tecnologia RFID (Radio Frequency Identification ou Identificação por Rádio Frequência) na gestão e controle de Big Bags no agronegócio, com foco na cadeia logística do Açúcar. O projeto apresenta uma visão detalhada dos objetivos, cronogramas e metodologias a serem aplicadas na estruturação da base tecnológica para um novo produto, visando melhorias na logística e rastreabilidade do açúcar. O projeto proposto visa levantar e entender o Estado da Arte do desenvolvimento de componentes integrados de Hardwares e Softwares para gestão do ativo bag, no contexto da utilização desses componentes como ferramentas de identificação do produto Açúcar no processo de rastreabilidade. Entende-se como Big Bags sacos cuja capacidade de armazenamento é maior que os demais. Esse tipo de embalagem suporta de 500 kg a 1250 kg e é muito utilizado em Usinas de Açúcar e Álcool, com manuseio feito através de empilhadeiras e caminhões. O custo benefício a favor do uso de Big Bags com relação à sacaria convencional é um fator muito relevante na logística de produtos destinados ao consumo humano. A Tecnologia RFID é um método de identificação automática através de sinais de rádio, emitidos por uma antena e recebido por uma Etiqueta com chip de silício e antena, também chamada de Tag RFID. As ondas de rádio transportam informações e energia para os Tags, passivos no caso desse projeto. Estes armazenam dados que são lidos ou escritos através da comunicação com a Antena. No caso da cadeia de produção de alimentos, incluindo a do açúcar, aplica-se a norma NBR ISO 22000:2005, que especifica o sistema de gestão da segurança em alimentos. A norma foca a habilidade da empresa em controlar perigos, garantindo que o produto esteja seguro, identificado e controlado em toda a cadeia produtiva, até o momento do consumo pelo cliente, e a capacidade de seu recall (chamada pública e investigação do ponto de contaminação ou falha, seguida do recolhimento do produto). A Automação dos Processos de Fabricação e Distribuição, conforme apresentado nesta proposta, torna possível a rastreabilidade dos produtos para atender às exigências da norma NBR ISO 22000:2005, regulamentações dos órgãos fiscalizadores do setor de saúde e requisitos para fornecimento ao mercado consumidor nacional e internacional. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.