Busca avançada
Ano de início
Entree

Do VLT ao E-ELT: construindo uma cooperação Brasil-UK em instrumentação astronômica para os grandes telescópios

Processo: 14/50826-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2015 - 31 de março de 2016
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Astronomia - Instrumentação Astronômica
Convênio/Acordo: CONFAP ; Newton Fund, com FAPESP como instituição parceira no Brasil ; STFC, UKRI
Pesquisador responsável:Beatriz Leonor Silveira Barbuy
Beneficiário:Beatriz Leonor Silveira Barbuy
Pesq. responsável no exterior: Chris Evans
Instituição no exterior: Science and Technology Facilities Council, Edinburgh (STFC), Escócia
Instituição-sede: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Populações estelares  Telescópios  Espectroscopia  Cooperação internacional 
Publicação FAPESP:https://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/fapesp_uk_6t0kNfS_104_104.pdf

Resumo

O maior telescópio óptico-infravermelho: o caso científico para o E-ELT cobre uma faixa grande de astronomia contemporânea, desde observações das galáxias mais distantes formadas nos primórdios do Universo, até procura de traços biológicos de vida em atmosferas planetárias. Os primeiros estágios da construção do E-ELT já começaram. Pretendemos desenvolver instrumentação para o E-E LT, assim como para o VLT. Os principais objetivos deste projeto são o desenvolvimento do espectrógrafo CUBES para o VLT e o espectrógrafo MOSAIC para o E-ELT, e a ciência relacionada a esses instrumentos, em colaboração com os parceiros da UK. (AU)