Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de organogéis para aplicações em emulsões a frio para produtos cosméticos

Processo: 14/50989-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de maio de 2015 - 30 de abril de 2017
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos
Convênio/Acordo: FINEP - PIPE/PAPPE Subvenção
Pesquisador responsável:Daniele Cristina Zulim Botega
Beneficiário:Daniele Cristina Zulim Botega
Empresa:Chemyunion Química Ltda
Município: Sorocaba
Vinculado ao auxílio:12/51339-5 - Desenvolvimento de organogéis para aplicação em emulsões a frio para produtos cosméticos, AP.PIPE
Assunto(s):Organogéis  Cosméticos  Monoglicerídeos  Estabilidade  Ceras  Emulsões (formas farmacêuticas) 

Resumo

O consumo de produtos cosméticos com base em ingredientes naturais e renováveis tem crescido amplamente nos últimos anos, levando a indústria cosmética a investir fortemente no desenvolvimento de produtos e técnicas de produção sustentáveis. A tecnologia de organogéis é uma tendência nova na estruturação de fluídos orgânicos. Na fase I do presente projeto foram obtidos resultados extremamente promissores indicando uma grande potencialidade de aplicação industrial dessa tecnologia na fabricação de emulsões a frio. Nesse contexto, a fase II do projeto tem como objetivo levar o conhecimento adquirido para o desenvolvimento da versão verde de organogel a partir de uma mistura de óleo vegetal, cera de candelila, monoglicerídeos, álcool graxo além de amidos modificados ou gomas ou proteínas. Os organogéis, tanto de origem sintética como o vegetal, serão utilizados na obtenção de bases que podem ser utilizadas como único espessante, estruturante e estabilizante de emulsões a frio com aplicação em composições cosméticas para filtros solares, loções corporais, desodorantes, antitranspirantes, etc. Técnicas como microscopia de luz polarizada, reologia, microscopia eletrônica de varredura, viscosimetria e espectroscopia de varredura óptica, serão também utilizadas para um estudo mais detalhado da aplicação da tecnologia organogel a frio. Após definição dessas bases, será realizada avaliação de viabilidade técnica e econômica a partir dos estudos de scale up. Os conhecimentos a serem obtidos e os produtos desenvolvidos nesta fase II, além de atender as tendências de mercado, estará ampliando a gama de produtos da empresa, abrindo novas alternativas de competitividade no setor. O desenvolvimento e aprimoramento contínuo de produtos e processos é essencial na competitiva e dinâmica indústria cosmética. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.