Busca avançada
Ano de início
Entree

Rede de atenção psicossocial do município de São Paulo potencialidades e desafios

Processo: 15/05950-2
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2015 - 31 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem Psiquiátrica
Pesquisador responsável:Maria do Perpétuo Socorro de Sousa Nóbrega
Beneficiário:Maria do Perpétuo Socorro de Sousa Nóbrega
Instituição Sede: Escola de Enfermagem (EE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Atenção à saúde  Serviços de saúde mental  Reabilitação psicossocial  Políticas públicas de saúde  São Paulo (SP) 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Política de Saúde Mental | Reabilitação Psicossocial | Rede de Atenção à saúde | Serviços de Saúde Mental | Saúde Mental e Psiquiatria

Resumo

A Rede de Atenção Psicossocial "nascida", pela portaria GM/MS nº 3088/ 2011, consiste em uma rede de cuidados, que visa assegurar às pessoas com sofrimento/transtorno mental e necessidades decorrentes do uso do crack, álcool e outras drogas, atendimento integral e humanizado. Tem o propósito de consolidar um modelo de atenção aberto e de base comunitária, propondo a garantia da livre circulação das pessoas com problemas mentais pelos serviços, comunidade e cidade. Estudo de caráter descritivo/exploratório, com abordagem qualitativa, entendido como o caminho para dar maior sustentação ao estudo, conduzido por entrevistas abertas pelo interesse em produzir material para aprofundar a discussão. Objetiva descrever a organização e a articulação da Rede de Atenção Psicossocial, da Rede de cuidados em Saúde Mental na área de abrangência Lapa- Pinheiros e Leopoldina -Perdizes, da Região Centro-Oeste do município de São Paulo. Os dados serão trabalhados a luz da abordagem dialélica, tendo como categorias analíticas a Política Nacional de Saúde Mental e a Reabilitação Psicossocial. Serão convidados a participar profissionais de nível superior dos Centros de Atenção Psicossocial, Unidades Básicas de Saúde, Núcleos de Assistência a Saúde da Família, Consultório na rua, Serviço de Emergências Psiquiátricas, Serviço de Residência Terapêutica e Centro de Convivência e Cooperativa, que se inserem nas redes de cuidados delimitadas para o estudo. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)