Busca avançada
Ano de início
Entree

Qualidade ambiental em bacias hidrográficas: o uso de indicadores ambientais aplicado ao Município de Guarulhos, Estado de São Paulo

Processo: 15/05069-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2015 - 30 de junho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências
Pesquisador responsável:Antonio Roberto Saad
Beneficiário:Antonio Roberto Saad
Instituição-sede: Universidade de Guarulhos (UNG). Campus Guarulhos-Centro. Guarulhos , SP, Brasil
Pesq. associados:Antonio Manoel dos Santos Oliveira ; Fabrício Bau Dalmas ; Fernanda Amendola ; Fernanda Dall Ara Azevedo ; Regina de Oliveira Moraes Arruda ; Reinaldo Romero Vargas
Assunto(s):Geologia ambiental  Bacia hidrográfica  Geoprocessamento  Qualidade ambiental  Uso do solo  Guarulhos (SP) 

Resumo

O grande crescimento dos centros urbanos, nas ultimas décadas, tem promovido uma ocupação desordenada. Essa ocupação tem ocasionado grandes impactos sobre a qualidade ambiental e resultado em graves crises ambientais, como a dos de recursos hídricos, enfrentadas atualmente por São Paulo e outros estados brasileiros. É na unidade territorial denominada bacia hidrográfica na qual verifica-se uma interação adequada entre as características dos meios, físico e biótico, com as várias classes do uso da terra. Desta forma, a bacia hidrográfica tem sido utilizada como unidade de análise em estudos ambientais dessa natureza. O município de Guarulhos, situado na região metropolitana de São Paulo, não é diferente quanto a ocupação de seu território. O objetivo deste projeto é elaborar um mapa de degradação ambiental atual de uma importante Bacia Hidrográfica do município de Guarulhos, a Bacia Hidrográfica Invernada - Cachoeirinha. Este mapa será elaborado através de uma análise geoambiental integrada caracterizado pelas três características do meio, os meios físico, biótico e antrópico, que interagem na bacia hidrográfica. Para atingir estes objetivos serão avaliados: o meio físico, através de estudos da água, do solo e das rochas; o meio biótico, a fauna e a flora; e o meio antrópico, através do uso e ocupação do solo, das condições sanitárias e a obediência da legislação ambiental vigente. Como resultado espera-se uma avaliação qualitativa dos principais indicadores de degradação ambiental, tanto de forma pontual quanto a ação sinérgica desses indicadores e por fim que o modelo ambiental final sirva de subsidio a gestão municipal das bacias hidrográficas. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.