Busca avançada
Ano de início
Entree

Adaptação transcultural do questionário POLST: Physician Orders for Life-Sustaining treatment

Processo: 14/23966-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2015 - 31 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Pública
Pesquisador responsável:Edison Iglesias de Oliveira Vidal
Beneficiário:Edison Iglesias de Oliveira Vidal
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Cuidados paliativos  Atenção à saúde  Adaptação cultural  Inquéritos e questionários 

Resumo

No Brasil atual a maior parte dos profissionais e instituições de saúde ainda encontram-se longe de constituírem uma rotina de discussão sobre preferências de cuidados no fim da vida junto a pacientes com prognóstico reservado. Esta corresponde a uma grande lacuna na atenção à saúde em nosso país, a qual frequentemente se associa a sofrimento evitável de pacientes e familiares bem como ao mal uso dos recursos disponíveis no SUS. Em 1991 nos EUA, foi iniciado um programa de discussão de preferências de cuidados no fim da vida denominado POLST (Physician Orders for Life-Sustaining Treatment). Trata-se de um sistema coordenado para evocar, documentar e comunicar as preferências de pacientes/familiares quanto a tratamentos prolongadores da vida para enfermos com expectativa de vida reduzida, de forma a orientar as condutas médicas em diferentes cenários de cuidados. Pela objetividade e portabilidade do instrumento, este se difundiu pelos EUA e atualmente representa uma das principais e melhor sucedidas estratégias para a elicitação e documentação de preferências de cuidados no fim da vida naquele país. Como o Brasil carece de qualquer instrumento semelhante, propomos o presente projeto de pesquisa cujo objetivo é realizar a adaptação transcultural deste instrumento para o contexto brasileiro. A metodologia de adaptação transcultural seguirá as recomendações da International Society for Pharmacoeconomics and Outcomes Research. A avaliação das propriedades de mensuração da versão adaptada do POLST seguirá as recomendações do Consensus based Standards for the selection of health Measurement INstruments (COSMIN). (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LOVADINI, GUSTAVO BIGATON; FUKUSHIMA, FERNANDA BONO; LINDENBERG SCHOUERI, JOAO FRANCISCO; DOS REIS, ROBERTO; FERREIRA FONSECA, CECILIA GUIMARAES; CASANOVA RODRIGUEZ, JAHAIRA JEANAINNE; COELHO, CAUANA SILVA; NEVES, ADRIELE FERREIRA; RODRIGUES, ANIELA MARIA; MARQUES, MARINA ALMEIDA; JACINTO, ALESSANDRO FERRARI; DENING, KAREN HARRISON; BASSETT, RICK; MOSS, ALVIN H.; STEINBERG, KARL E.; DE OLIVEIRA VIDAL, EDISON IGLESIAS. Evaluation of the Interrater Reliability of End-of-Life Medical Orders in the Physician Orders for Life-Sustaining Treatment Form. JAMA NETWORK OPEN, v. 2, n. 4 APR 2019. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.