Busca avançada
Ano de início
Entree

Staphylococcus spp. isolados de mastite subclínica bovina em diferentes estados brasileiros: resistência antimicrobiana, detecção dos fatores de virulência e identificação do perfil clonal

Processo: 15/01401-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2015 - 31 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Maria de Lourdes Ribeiro de Souza da Cunha
Beneficiário:Maria de Lourdes Ribeiro de Souza da Cunha
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Microbiologia veterinária  Mastite bovina  Fatores de virulência  Staphylococcus  Resistência microbiana a medicamentos 

Resumo

A mastite é considerada um grande problema na pecuária leiteira e o uso frequente de antimicrobianos contribui para o aumento da pressão seletiva de micro-organismos resistentes aos principais fármacos. A Organização Mundial da Saúde Animal visa à proteção da saúde animal e humana contra o risco da resistência antimicrobiana resultante do tratamento de animais doentes. O presente trabalho tem como objetivos identificar e caracterizar o perfil clonal, bem como os fatores de virulência e de resistência aos antimicrobianos em Staphylococcus spp. isolados do leite de bovinos com mastite subclínica de várias regiões do Brasil. As amostras serão concedidas pela Embrapa Gado de Leite, e serão provenientes de 6 estados brasileiros, incluindo Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, São Paulo e Pernambuco. Serão incluídas no estudo todas as amostras de Staphylococcus spp. que se mostraram resistentes à oxacilina pelo método de disco difusão. As amostras incluídas no estudo serão submetidas a identificação fenotípica e genotípica, investigação da presença de genes codificadores de enterotoxinas, biofilme, determinação da resistência à oxacilina pela pesquisa do gene mecA e mecA homólogo (mecC) e triagem de resistência à vancomicina. Os isolados positivos para a presença dos genes codificadores de toxinas e biofilme serão submetidos a técnica de qRT-PCR para determinar a expressão desses fatores de virulência. Além disso, será investigado o perfil clonal dos Staphylococcus spp. por meio da técnica de eletroforese de campo-pulsado (PFGE) e tipagem por Multilocus sequence Typing (MLST) dos clones prevalentes. Dessa forma, a pesquisa do perfil clonal das espécies de estafilococos isolados do leite bovino poderá contribuir para compreensão do padrão de cepas presentes em diferentes rebanhos, possibilitando medidas de prevenção e controle da disseminação de clones de estafilococos patogênicos e multirresistentes em diferentes regiões brasileiras. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MELLO, PRISCILA LUIZA; PINHEIRO, LUIZA; MARTINS, LISIANE DE ALMEIDA; VASCONCELOS PAIVA BRITO, MARIA APARECIDA; RIBEIRO DE SOUZA DA CUNHA, MARIA DE LOURDES. beta-Lactam resistance and vancomycin heteroresistance in Staphylococcus spp. isolated from bovine subclinical mastitis. JOURNAL OF DAIRY SCIENCE, v. 100, n. 8, p. 6567-6571, AUG 2017. Citações Web of Science: 2.
MELLO, PRISCILA LUIZA; MORAES RIBOLI, DANILO FLAVIO; PINHEIRO, LUIZA; MARTINS, LISIANE DE ALMEIDA; VASCONCELOS PAIVA BRITO, MARIA APARECIDA; RIBEIRO DE SOUZA DA CUNHA, MARIA DE LOURDES. Detection of Enterotoxigenic Potential and Determination of Clonal Profile in Staphylococcus aureus and Coagulase-Negative Staphylococci Isolated from Bovine Subclinical Mastitis in Different Brazilian States. TOXINS, v. 8, n. 4 APR 2016. Citações Web of Science: 10.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.