Busca avançada
Ano de início
Entree

Uso de lagrangianas efetivas para o estudo do Bóson de Higgs

Processo: 15/12865-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 01 de agosto de 2015 - 17 de agosto de 2015
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física das Partículas Elementares e Campos
Pesquisador responsável:Oscar José Pinto Eboli
Beneficiário:Oscar José Pinto Eboli
Pesquisador visitante: Maria Concepción González-García
Inst. do pesquisador visitante: Stony Brook University (SB), Estados Unidos
Instituição-sede: Instituto de Física (IF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:12/10995-7 - Fenomenologia de física de partículas, AP.TEM
Assunto(s):Bóson de Higgs  Grande Colisor de Hádrons  Unitariedade (física)  Lagrangianas efetivas  Intercâmbio de pesquisadores 

Resumo

A descoberta do bóson de Higgs em 2012 marco o início do estudo direto do setor de quebra da simetria eletrofraca. Os acoplamentos do Higgs podem ser estudados através do uso de lagrangianas efetivas para parametrizar desvios com respeito às previsões do modelo padrão. Como é bem sabido teorias efetivas podem levar a violação de unitariadade a altas energias. Neste projeto estudaremos mecanismos para restaurar a unitariedade a altas energias, já que a energia do centro de massa do LHC é suficientemente alta para que tenhamos que levar em conta os mecanismos de unitarização das amplitudes de espalhamento. (AU)