Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise de técnicas de reconfiguração em tempo de execução aplicadas a sistemas embarcados utilizando processador reconfigurável

Processo: 14/24855-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2015 - 31 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Metodologia e Técnicas da Computação
Pesquisador responsável:Denis Silva Loubach
Beneficiário:Denis Silva Loubach
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Mecânica (FEM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Sistemas embarcados  Controle adaptativo  Circuitos integrados  Computação reconfigurável  Circuitos FPGA 

Resumo

Sistemas embarcados podem ser definidos como sistemas computadorizados com alto acoplamento entre hardware e software projetados para desempenhar funções dedicadas. São amplamente utilizados em diversos domínios de aplicação tais como automobilístico, aeronáutico, espacial, telecomunicações. Basicamente, existem quatro requisitos gerais que norteiam o projeto e o desenvolvimento de sistemas embarcados: (i) performance, (ii) consumo de energia, (iii) tamanho e (iv) preço. Atualmente, pode-se observar uma crescente demanda por aplicações de alta performance e baixo consumo de energia considerando-se a área de sistemas embarcados. Nesse contexto, torna-se necessário a adoção de novas abordagens para o projeto de sistemas embarcados, como o suporte à adaptatividade. Tal adaptatividade torna-se viável através do emprego de processadores reconfiguráveis, que se apresentam como uma alternativa a outras soluções (processadores ou ASICs). Alguns pontos chave contribuem para justificar a utilização de processadores reconfiguráveis no desenvolvimento de sistemas embarcados como a questão performance vs. eficiência na utilização de energia; aumento nos custos de produção e custos não-recorrentes de engenharia; e aumento de dispositivos inteligentes. Assim, o objetivo desse projeto de pesquisa concentra-se na análise de técnicas de reconfiguração aplicadas a sistemas embarcados utilizando processador reconfigurável visando propor um modelo de reconfiguração em tempo de execução considerando a otimização de performance e o consumo de energia no sistema. O emprego de técnicas de reconfiguração em tempo de execução em sistemas embarcados, através da utilização de processadores reconfiguráveis, se mostra como um campo de pesquisa ativo e promissor. Em síntese, a aplicação do modelo proposto abre a possibilidade para que em tempo de execução o sistema avalie e tome a decisão de implementar e realizar uma funcionalidade de maneira otimizada. (AU)