Busca avançada
Ano de início
Entree

Degradação da lignina presente no bagaço de cana-de-açúcar via fungos decompositores, visando a produção de um biocombustível sólido de alto poder calorífico

Processo: 14/15728-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa BIOEN - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2015 - 31 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Florestais e Engenharia Florestal - Energia de Biomassa Florestal
Pesquisador responsável:Leandro Cardoso de Morais
Beneficiário:Leandro Cardoso de Morais
Instituição-sede: Instituto de Ciência e Tecnologia. Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Sorocaba. Sorocaba , SP, Brasil
Assunto(s):Análise térmica  Lignina  Bagaço de cana-de-açúcar  Pirólise  Fungos  Biocombustíveis 

Resumo

Os resíduos provenientes das indústrias produtoras de álcool e açúcar chegam a atingir em perspectivas de bagaço de cana-de-açúcar 280 kg bagaço/tonelada de cana-de-açúcar, causando um impacto significativo no ambiente e sendo prejudicial à saúde pública. O Brasil é hoje o maior produtor de cana-de-açúcar do mundo, com uma produção na safra 2012/2013 de 589 milhões de toneladas, sendo que a maior parte deste cultivo é encontrada no estado de São Paulo. Atualmente o Brasil tem dificuldade em gerar energia suficiente a ser distribuída para todo território nacional, gerando um impacto socioeconômico relevante. O objetivo deste projeto será realizar um estudo térmico do bagaço da cana-de-açúcar, após cultivo de um fungo decompositor de lignina, o basidiomiceto Pleurotus sp. Este fungo trabalha na bioconversão de resíduos lignocelulósicos, através da decomposição do substrato sólido. As amostras secas e pirolisadas serão caracterizadas em termos termogravimétricos (TG), diferencial termogravimétrico (DTG), análise térmica diferencial (DTA) e calorimetria exploratória diferencial (DSC), onde serão realizados os estudos de poder calorífico, entalpia e energia de ativação. A análise morfológica por microscopia eletrônica de varredura (MEV) será de suma importância na verificação de possíveis mudanças físicas na estrutura. Outras análises como difração de raios-X, análise elementar e termoporometria, nos apresentarão aspectos físico-químicos após a variação que, provavelmente ocorrerá, do substrato utilizado no cultivo destes fungos. Serão realizadas análises para o teor de lignina, holocelulose, hemiceluloses, carbono fixo e teor de cinzas. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MAIGUAL-ENRIQUEZ, YEMALL ALEXANDER; DOMINGOS MAIA, AMANDA ALVES; GUERRERO-ROMERO, CAMILO LENIN; MATSUMOTO, TSUNAO; RANGEL, ELIDIANE CIPRIANO; DE MORAIS, LEANDRO CARDOSO. Comparison of sludges produced from two different recirculating aquaculture systems (RAS) for recycle and disposal. Aquaculture, v. 502, p. 87-96, MAR 15 2019. Citações Web of Science: 1.
VIOTTO, RENATA SILVA; DOMINGOS MAIA, AMANDA ALVES; YAMAJI, FABIO MINORU; DE MORAIS, LEANDRO CARDOSO. THERMOGRAVIMETRIC INVESTIGATION OF SPENT SHIITAKE SUBSTRATE TO SOLID BIOFUEL. CANADIAN JOURNAL OF CHEMICAL ENGINEERING, v. 96, n. 4, p. 845-854, APR 2018. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.