Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação geofísica da estrutura de Colônia, São Paulo, SP

Processo: 15/01885-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2015 - 31 de outubro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geofísica
Pesquisador responsável:Renato Luiz Prado
Beneficiário:Renato Luiz Prado
Instituição-sede: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Jorge Luís Porsani ; Vagner Roberto Elis ; Yára Regina Marangoni
Assunto(s):Sismologia  Gravimetria  Sondagem dos solos 

Resumo

O projeto visa à aquisição de dados de sísmica de reflexão, gravimetria, elétricos (sondagem elétrica vertical) e eletromagnéticos (sondagem TDEM) na estrutura de Colônia, cidade de São Paulo/SP, processamento e interpretação integrada, com o objetivo de caracterizá-la no que diz respeito a sua forma, profundidade e estratigrafia dos sedimentos de preenchimento. Os resultados dessa investigação também subsidiarão proposta a ser encaminhada ao ICDP (International Continental Drilling Project) para a execução de 2 furos profundos para investigar e amostrar continuamente os sedimentos e aproximadamente 100 m do embasamento. Reuniões científicas para a preparação da proposta ao ICDP já vem sendo realizadas sendo que o Workshop Quaternary Tertiary Tropics - Colônia Sediment Archive Drilling Project ocorrido na Universidade de São Paulo/São Paulo em setembro de 2014, e que reuniu 27 cientistas de 6 diferentes países, considerou que o incremento e refinamento da investigação geofísica, especialmente da sísmica de reflexão, é fundamental para a locação e caracterização dos furos a serem propostos ao ICDP. Espera-se que o resultado desta investigação geofísica permita o aprimoramento do modelo da estrutura e do seu preenchimento. O aumento da base de dados com essa aquisição e sua integração com dados já existentes no banco do IAG/USP, assim como a reinterpretação integrada, deverá diminuir a ambiguidade quanto à caracterização da estrutura de Colônia. Um modelo mais verossímil em termos da profundidade do embasamento e estratos de seu preenchimento constitui importante elemento para vários outros estudos no campo das geociências. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Análise de sedimentos de cratera reconstituirá 1 milhão de anos da Mata Atlântica