Busca avançada
Ano de início
Entree

Molecular regulation of germ cell proliferation: the effects of thermal stress and sex steroids and the roles of PEN-2, p53 and AMH genes

Processo: 14/50790-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2015 - 31 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Convênio/Acordo: CONICET
Proposta de Mobilidade: SPRINT - Projetos de pesquisa - Mobilidade
Pesquisador responsável:Ricardo Shohei Hattori
Beneficiário:Ricardo Shohei Hattori
Pesq. responsável no exterior: Juan Ignacio Fernandino
Instituição no exterior: Consejo Nacional de Investigaciones Científicas y Técnicas (CONICET), Argentina
Instituição-sede: Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/17612-9 - Caracterização genética, controle de sexo e transplantes de células germinativas em estoques cultivados de salmonídeos da Estação Experimental de Salmonicultura de Campos do Jordão, AP.JP
Assunto(s):Peixes  Fisiologia da reprodução  Células germinativas  Hormônios esteroides gonadais  Gametas  Estresse térmico  Cooperação internacional 

Resumo

As células germinativas correspondem a um tipo específico de células que dão origem a gametas em vertebrados. Durante os primeiros estágios do desenvolvimento, elas migram para o primórdio gonadal, iniciam a proliferar por mitose e então algumas delas entram em meiose para formar os gametas. Este processo está sob controle de uma complexa cascata genética, de esteroides sexuais e também são influenciados por vários parâmetros do ambiente circuncidante. Entre estes, a temperatura da água é um dos fatores mais estudados no grupo de peixes, que em algumas circunstâncias pode inibir a proliferação/diferenciação das células germinativas ou mesmo induzir a depleção através de apoptose. Este estudo será desenvolvido para clarificar a regulação das cascatas genéticas e endócrinas envolvidas no destino das células germinativas sobre condições normais e de estresse térmico no medaka, na truta arco-íris e também no peixe-rei sul-americano. Três genes envolvidos tanto em proliferação como apoptosis de elementos germinais selecionados com base em estudos anteriores, PEN-2, p53 e AMH, serão investigados durante a diferenciação e maturação gonadal, por análises transcriptômicas (qRT-PCR é ISH), de imunohistoquímica (IHC), e funcionais (knockdown/knockout por morpholino ou CRIPR). Este estudo irá contribuir para clarificar a fisiologia reprodutiva de muitas espécies e poderá ter implicações significantes para o desenvolvimento de tecnologias de aquicultura. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
HATTORI, R. S.; CASTANEDA-CORTES, D. C.; ARIAS PADILLA, L. F.; STROBL-MAZZULLA, P. H.; FERNANDINO, J. I. Activation of stress response axis as a key process in environment-induced sex plasticity in fish. CELLULAR AND MOLECULAR LIFE SCIENCES, MAY 2020. Citações Web of Science: 0.
IGNACIO FERNANDINO, JUAN; HATTORI, RICARDO SHOHEI. Sex determination in Neotropical fish: Implications ranging from aquaculture technology to ecological assessment. General and Comparative Endocrinology, v. 273, n. SI, p. 172-183, MAR 1 2019. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.