Busca avançada
Ano de início
Entree

Características clínicas, metabólicas, hemogasométricas e marcadores de estresse oxidativo na prenhez e no pós-parto de ovelhas: comparação entre gestação única e gemelar

Processo: 15/08714-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2015 - 31 de agosto de 2017
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Roberto Calderon Gonçalves
Beneficiário:Roberto Calderon Gonçalves
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Clínica de grandes animais  Ovelhas  Prenhez  Pré-eclâmpsia  Cetose  Hemogasometria  Radicais livres  Ultrassonografia  Perfil metabólico 

Resumo

A toxemia da prenhez (TP) é uma doença associada ao déficit energético que acomete ovelhas e cabras no terço final da gestação, geralmente com fetos múltiplos ou grandes. Os objetivos deste estudo são: estudar o perfil bioquímico, hemogasométrico, metabólico e o estresse oxidativo de ovelhas durante a gestação e no periparto imediato (até 48 horas pós-parto) e correlacioná-los com a incidência da TP, comparando-se gestação única com gemelar. Serão utilizadas 60 ovelhas criadas em manejo semi-intensivo, hígidas, da raça Dorper, com dois a cinco anos de idade, com peso médio de 60kg. Serão constituídos dois grupos experimentais: Grupo I: 30 ovelhas, com diagnóstico ultrassonográfico de gestação de feto único; Grupo II: 30 ovelhas, com diagnóstico ultrassonográfico de gestação gemelar. Os momentos experimentais serão definidos como: MM - imediatamente após a monta natural ou inseminação artificial (controle); MG30 - 30 dias de gestação; MG90 - 90 dias de gestação; MG120 - 120 dias de gestação; MG130 - 130 dias de gestação; MG140 - 140 dias de gestação; MG145 - 145 dias de gestação MP - dia do parto (150 dias de gestação, aproximadamente); MPP1 - 24 horas após o parto; MPP2 - 48 horas após o parto. Em todos os momentos serão realizados os seguintes procedimentos: exame físico para aferição das funções vitais; pesagem e avaliação do escore corporal; ultrassonografia transabdominal para confirmação da viabilidade fetal; colheita de amostra de sangue total. Serão mensurados no sangue: cortisol, glucagon, insulina, T3, T4, triglicérides, colesterol, ureia, creatinina, proteína total, albumina, globulina, aspartato aminotransferase, gama glutamiltransferase; fosfatase alcalina, glicose, ácidos graxos livres, beta-hidroxibutirato, atividades enzimáticas da Superóxido Dismutase, Glutationa Peroxidase e Catalase; concentrações plasmáticas da Glutationa Total, Substâncias Reativas ao Ácido Tiobarbitúrico e peroxidação lipídica; hemogasometria venosa. Na urina serão realizados exames físico e químico por tiras reagentes e refratômetro. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BIANCA P. SANTAROSA; GABRIELA N. DANTAS; DANILO O.L. FERREIRA; MARINA G. CARVALHO; MIRIAN RODRIGUES; PRISCILLA F.V. PEREIRA; ANDREZA A. SILVA; ROBERTO C. GONÇALVES. Comparison of electrolyte and acid-base balances of Dorper breed ewes between single and twin pregnancies. Pesquisa Veterinária Brasileira, v. 39, n. 10, p. 789-795, Out. 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.