Busca avançada
Ano de início
Entree

Risco cardiovascular em pacientes com Imunodeficiência Comum Variável (ICV) e Agamaglobulinemia Ligada ao X (XLA)

Processo: 15/12808-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de setembro de 2015 - 29 de fevereiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Roseli Oselka Saccardo Sarni
Beneficiário:Roseli Oselka Saccardo Sarni
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Estado nutricional  Imunodeficiências primárias  Dislipidemias  Agamaglobulinemia  Imunodeficiência de variável comum  Inflamação  Apolipoproteínas 

Resumo

Introdução: A Imunodeficiência Comum Variável (ICV) e a Agamaglobulinemia Ligada ao X (XLA) são imunodeficiências primárias (IDP´s) classificadas como deficiências de anticorpos resultando em hipogamaglobulinemia. Objetivo: Avaliar o perfil lipídico e outros biomarcadores associados ao risco cardiovascular em pacientes ICV e XLA. Métodos: No total, 24 pacientes e 12 controles saudáveis pareados por idade e gênero foram incluídos no estudo. Foram realizadas avaliações antropométricas e dosagens séricas de colesterol total (CT) e as frações HDL-c e LDL-c, triglicerídeos (TG), apo A-I, sdLDL, proteína C reativa (CRP), fator de necrose tumoral alfa (TNF-alfa) e das enzimas relacionadas ao risco cardiovascular mieloperoxidase (MPO), proteína de transferência de éster de colesterol (CETP) e a lecitina colesterol aciltransferase (LCAT). Resultados: As concentrações da CRP (p=0,008) e TNF-alfa (p<0,001) foram significativamente mais elevadas, enquanto o HDL-c (p=0,025) e a apo A-1 (p=0,013) foram significantemente mais baixas nos pacientes comparativamente aos controles. No grupo de pacientes foi observada correlação negativa e significante entre o HDL-c e o TNF-alfa (r=-0,406; p=0,049) e os TG (r=-0,641; p=0,001). Conclusão: Pacientes com Imunodeficiência Comum Variável e Agamaglobulinemia Ligada ao X apresentaram aumento de marcadores inflamatórios, que associados com a diminuição do HDL-c e dos níveis de apo A-I, podem predispor ao elevado risco cardiovascular. (AU)