Busca avançada
Ano de início
Entree

Fragmentos variáveis de cadeia única produzidos em Escherichia coli contra as toxinas termolabil e termo-estável de E. coli enterotoxigenica

Resumo

Introdução e justificativa: A diarreia é uma patologia prevalente frequentemente associada à colonização do intestino delgado por Escherichia coli enterotoxigênica (ETEC), conhecida por ser endêmica em países em desenvolvimento. Esta bactéria pode produzir duas enterotoxinas associados com a manifestação de sintomas clínicos e que podem ser utilizadas como antígeno alvo no diagnóstico destes agentes patogênicos. Apesar de vários testes de detecção terem sido desenvolvidos, laboratórios minimamente equipados de países em desenvolvimento não são capacitados para fazer o diagnóstico de diarreia, necessitando de métodos simples e de baixo custo. Com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento de ferramentas e métodos de diagnóstico, descrevemos neste trabalho dois fragmentos variáveis de cadeia única (scFv) que foram produzidos em E. coli contra as enterotoxinas de ETEC. Métodos e resultados: Recombinante scFv foram desenvolvidos contra as toxinas termo lábil (LT) e termo-estável toxina (ST) de ETEC a partir de clones de hibridoma previamente isolados. Este trabalho descreve a geração, construção, caracterização molecular e funcional destes recombinantes contra as toxinas LT e ST. Ambos os fragmentos de anticorpos foram capazes de reconhecer as toxinas quando em contato com células por imunofluorescência, as toxinas purificadas por ELISA e também as cepas de ETEC produtoras de LT, ST e LT / ST-. Conclusão: Os scFvs recombinantes desenvolvidos contra LT e ST constituem um promissor ponto de partida para o diagnóstico ETEC, gerando ferramentas de baixo custo para utilização no diagnóstico da diarreia causada por ETEC. (AU)