Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da inter-relação entre as vias de sinalização do Klotho e o receptor P2X7 na progressão da nefropatia diabética em ratos

Processo: 14/26750-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2015 - 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Elisa Mieko Suemitsu Higa
Beneficiário:Elisa Mieko Suemitsu Higa
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Maria José da Silva Fernandes
Assunto(s):Nefrologia  Nefropatias diabéticas  Insuficiência renal crônica  Receptores purinérgicos P2X7  Proteína Klotho  Interferência de RNA  Expressão de proteínas 

Resumo

A nefropatia diabética (ND) afeta cerca de 40% dos pacientes diabéticos, sendo a principal causa de morbidade e mortalidade nesta população. Muitos fatores têm sido descritos na fisiopatologia da ND, incluindo o aumento na expressão dos receptores purinérgicos, em especial o P2X7 (P2X7-R) demonstrado recentemente por trabalho de nosso grupo. A suplementação com o antioxidante N-acetilcisteína, associada à prática de exercícios aeróbicos causou melhora substancial na função renal. O P2X7-R tem importante papel biológico, aumentando o influxo de cálcio, o que resulta em morte celular por apoptose e/ou necrose. O principal agonista desse receptor é composto por fosfatos extracelulares (ATP). Na doença renal crônica existe um distúrbio no metabolismo mineral, pelo fato do rim ser o principal órgão de excreção do fósforo, existindo evidências de que a proteína Klotho teria participação nesse mecanismo, por meio da ativação do fator de crescimento de fibroblasto (FGF-23) que modula o fosfato sistêmico. Assim o Klotho, que inicialmente foi associado ao envelhecimento, hoje tem sido relacionado a doenças crônicas renais, atuando na homeostase do fósforo e talvez desempenhando um papel como modulador dos P2X7-R. O objetivo do nosso trabalho é avaliar a interação entre o Klotho e o P2X7-R nos rins de ratos diabéticos e estudar o papel de ambos na progressão da ND. O diabetes mellitus será induzido com estreptozotocina em ratos e a expressão do Klotho e P2X7-R será estudada aplicando-se a técnica de RNA de interferência (nesse método faremos um silenciamento intercalado do Klotho e do P2X7-R) para a avaliação da ausência parcial de um gene sobre a ativação do outro, mostrando assim possível interação entre eles. (AU)