Busca avançada
Ano de início
Entree

Inter-relações entre cuidado paternal e seleção sexual em opiliões

Processo: 15/10448-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2015 - 31 de agosto de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Comportamento Animal
Pesquisador responsável:Glauco Machado
Beneficiário:Glauco Machado
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Gustavo Requena Santos
Assunto(s):Seleção sexual  Acasalamento  Comportamento reprodutivo animal  Opiliona 

Resumo

Entender as causas da variação no sucesso de acasalamento dos indivíduos é um dos objetivos centrais dos estudos em seleção sexual. Em espécies com cuidado paternal exclusivo, a qualidade do cuidado provido pelos machos pode influenciar as decisões reprodutivas das fêmeas e, portanto, determinar o sucesso de acasalamento dos machos. Em artrópodes, por exemplo, a preferência feminina por machos parentais pode ter favorecido a evolução e manutenção do cuidado paternal. Neste projeto, estudaremos a inter-relação entre cuidado paternal e seleção usando opiliões como organismos modelo. O projeto será dividido em quatro subprojetos. Nos dois primeiros, exploraremos o papel da condição corporal para a atratividade e sucesso de acasalamento dos machos. Esses dois subprojetos usarão abordagens complementares, incluindo experimentos de campo com o opilião Iporangaia pustulosa e simulações computacionais, para testar as seguintes hipóteses: (1) machos em boa condição corporal adquirem uma primeira desova mais rapidamente do que machos em má condição corporal; (2) machos que recebem comida regularmente ao longo do período de cuidado paternal mantêm boa condição corporal e acumulam mais ovos do que machos desprovidos de comida durante o cuidado.No terceiro subprojeto, investigaremos os efeitos do cortejo copulatório e pós-copulatório sobre o sucesso reprodutivo dos machos no opilião Magnispina neptunus. Manipularemos experimentalmente o esforço de cortejo e a presença de ovos sob proteção dos machos e avaliaremos: (1) suas chances de adquiri ovos, (2) quão rapidamente eles adquirem ovos e (3) Quantos ovos eles recebem.No quarto subprojeto, investigaremos a escolha de parceiras reprodutivas por machos do opilião Poassa limbata, uma espécie em que há reversão parcial de papéis sexuais. Usando observações em campo, testaremos as seguintes hipóteses: (1) machos preferem se acasalar com fêmeas grandes, em boa condição corporal e portando ovos prontos para serem postos; (2) machos rejeitam potenciais parceiras sexuais quando não possuem esperma esticado em suas vesículas seminais; (3) machos preferem se acasalar com fêmeas que são parceiras sexuais freqüentes a fim de evitar ou minimizar a competição espermática.Os resultados que serão obtidos nesses subprojetos aumentarão nossa compreensão sobre os critérios usados por fêmeas e machos para selecionar parceiros sexuais em espécies com cuidado paternal exclusivo. Essa é uma contribuição empírica importante não apenas para opiliões, mas para todos os grupos taxonômicos em que o cuidado paternal é comum, tais como outros artrópodes, peixes e anfíbios. (AU)

Publicações científicas (9)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ROJAS, ANDRES; SOLANO-BRENES, DIEGO; MUNIZ, DANILO G.; MACHADO, GLAUCO. Gone with the rain: negative effects of rainfall on male reproductive success in a nest-building arachnid. BEHAVIORAL ECOLOGY, v. 30, n. 4, p. 1145-1156, JUL-AUG 2019. Citações Web of Science: 0.
QUESADA-HIDALGO, ROSANNETTE; SOLANO-BRENES, DIEGO; REQUENA, GUSTAVO S.; MACHADO, GLAUCO. The good fathers: efficiency of male care and the protective role of foster parents in a Neotropical arachnid. ANIMAL BEHAVIOUR, v. 150, p. 147-155, APR 2019. Citações Web of Science: 1.
SOLANO-BRENES, DIEGO; GARCIA-HERNANDEZ, SOLIMARY; MACHADO, GLAUCO. All the better to bite you with! Striking intrasexual differences in cheliceral size define two male morphs in an Amazonian arachnid. Biological Journal of the Linnean Society, v. 125, n. 3, p. 521-534, NOV 2018. Citações Web of Science: 0.
GARCIA-HERNANDEZ, SOLIMARY; MACHADO, GLAUCO. Convergent fighting behavior in two species of Neotropical harvestmen (Opiliones): insights on the evolution of maternal care and resource defense polygyny. JOURNAL OF ARACHNOLOGY, v. 46, n. 1, p. 165-169, APR 2018. Citações Web of Science: 0.
MUNIZ, DANILO G.; SANTOS, EDUARDO S. A.; GUIMARAES, JR., PAULO R.; NAKAGAWA, SHINICHI; MACHADO, GLAUCO. A multinomial network method for the analysis of mate choice and assortative mating in spatially structured populations. METHODS IN ECOLOGY AND EVOLUTION, v. 8, n. 10, p. 1321-1331, OCT 2017. Citações Web of Science: 3.
SANTOS, EDUARDO S. A.; BUENO, PEDRO P.; GILBERT, JAMES D. J.; MACHADO, GLAUCO. Macroecology of parental care in arthropods: higher mortality risk leads to higher benefits of offspring protection in tropical climates. BIOLOGICAL REVIEWS, v. 92, n. 3, p. 1688-1701, AUG 2017. Citações Web of Science: 11.
ALISSA, L. M.; MUNIZ, D. G.; MACHADO, G. Devoted fathers or selfish lovers? Conflict between mating effort and parental care in a harem-defending arachnid. JOURNAL OF EVOLUTIONARY BIOLOGY, v. 30, n. 1, p. 191-201, JAN 2017. Citações Web of Science: 3.
CONSOLMAGNO, RAFAEL C.; REQUENA, GUSTAVO S.; MACHADO, GLAUCO; BRASILEIRO, CINTHIA A. Costs and benefits of temporary egg desertion in a rocky shore frog with male-only care. BEHAVIORAL ECOLOGY AND SOCIOBIOLOGY, v. 70, n. 5, p. 785-795, MAY 2016. Citações Web of Science: 10.
MACEDO-REGO, RENATO C.; COSTA-SCHMIDT, LUIZ ERNESTO; SANTOS, EDUARDO S. A.; MACHADO, GLAUCO. Negative effects of prolonged dietary restriction on male mating effort: nuptial gifts as honest indicators of long-term male condition. SCIENTIFIC REPORTS, v. 6, FEB 24 2016. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.