Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do potencial vacinal e caracterização bioquímica de termolisina de Leptospira interrogans

Processo: 15/09972-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2015 - 31 de outubro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunoquímica
Pesquisador responsável:Lourdes Isaac
Beneficiário:Lourdes Isaac
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):16/14491-4 - Avaliação da importância do componente C3 do sistema complemento para o controle da infecção pelo Vírus Zika em modelo murino, BP.TT
Assunto(s):Leptospirose  Sistema do complemento  Vacinas  Leptospira 

Resumo

A leptospirose é uma zoonose mundialmente disseminada que representa um grave problema de saúde pública. Microorganismos patogênicos, notadamente os que atingem a circulação sanguínea como a leptospira, desenvolveram múltiplas estratégias de evasão ao sistema imune do hospedeiro, em especial ao sistema complemento. Recentemente demonstramos que proteínas secretadas por espécies patogênicas de Leptospira são capazes de inibir as três vias de ativação do sistema complemento humano. Além disso, identificamos uma protease da classe das termolisinas como uma das proteínas responsáveis pelos efeitos observados no sobrenadante total. Considerando esta importante atividade biológica, acreditamos que seja de grande relevância avaliar o potencial vacinal desta termolisina, bem como efetuar a caracterização bioquímica da proteína, sendo estes os objetivos do Sub-projeto 1. Nos ensaios in vivo utilizaremos o modelo experimental de hamsters, os quais são susceptíveis à infecção por leptospiras. Os animais serão imunizados com a termolisina recombinante utilizando o hidróxido de alumínio como adjuvante. Os controles serão compostos por um grupo de hamsters imunizados com a vacina comercial (FarrowsureB, Pfizer) e outro com o veículo PBS e hidróxido de alumínio. Sangrias pelo plexo retro-orbital serão realizadas para acompanhamento do título de anticorpos anti-termolisina. Após as imunizações os animais serão desafiados com a estirpe virulenta L. interrogans sorovar Kennewiki. Os hamsters que sobreviverem à infecção serão sacrificados e os órgãos coletados para a realização de diferentes análises, tais como a histopatológica e a cultura de leptospiras. Já a caracterização bioquímica da termolisina será composta de ensaios de especificidade, cinética enzimática e prospecção de novos substratos. A análise do potencial vacinal e caracterização bioquímica de potenciais fatores de virulência são de grande importância, podendo contribuir para o desenvolvimento de estratégias terapêuticas e/ou preventivas na leptospirose. Nosso grupo demonstrou anteriormente que a termolisina recombinante possui atividade proteolítica sobre a molécula de C3, representando um potencial candidato ao efeito observado no sobrenadante total das culturas. Desta forma, a identificação de quais moléculas do MAC (C5b-9n) são clivadas por esta metaloprotease ou por demais enzimas presentes no sobrenadante de culturas de leptospiras patogênicas bem como seu sítio de clivagem, são de grande importância. Assim, no Sub-projeto 2 avaliaremos se diversas estirpes de leptospira são capazes de secretar proteases que degradam as moléculas C5, C6, C7, C8 e C9. A habilidade de degradar moléculas do complemento pode contribuir para os processos de invasão e disseminação da bactéria no organismo. (AU)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE CASTRO, IRIS A.; BAVIA, LORENA; FRAGA, TATIANA R.; AMANO, MARIANE T.; BREDA, LEANDRO C. D.; GRANADOS-MARTINEZ, ADRIANA P.; DA SILVA, ANA M. G.; VASCONCELLOS, SILVIO A.; ISAAC, LOURDES. Role of Murine Complement Component C5 in Acute in Vivo Infection by Pathogenic Leptospira interrogans. FRONTIERS IN CELLULAR AND INFECTION MICROBIOLOGY, v. 8, MAR 8 2018. Citações Web of Science: 1.
DANTAS BREDA, LEANDRO CARVALHO; VASCONCELLOS, SILVIO ARRUDA; VASCONCELOS, DEWTON DE MORAES; ISAAC, LOURDES. Binding of human complement C1 sterase inhibitor to Leptospira spp.. Immunobiology, v. 223, n. 2, p. 183-190, FEB 2018. Citações Web of Science: 0.
AMAMURA, THAIS A.; FRAGA, TATIANA R.; VASCONCELLOS, SLVIO A.; BARBOSA, ANGELA S.; ISAAC, LOURDES. Pathogenic Leptospira Secreted Proteases Target the Membrane Attack Complex: A Potential Role for Thermolysin in Complement Inhibition. FRONTIERS IN MICROBIOLOGY, v. 8, MAY 30 2017. Citações Web of Science: 6.
CASTIBLANCO-VALENCIA, MONICA M.; FRAGA, TATIANA R.; BREDA, LEANDRO C. D.; VASCONCELLOS, SILVIO A.; FIGUEIRA, CLAUDIO P.; PICARDEAU, MATHIEU; WUNDER, ELSIO; KO, ALBERT I.; BARBOSA, ANGELA S.; ISAAC, LOURDES. Acquisition of negative complement regulators by the saprophyte Leptospira biflexa expressing LigA or LigB confers enhanced survival in human serum. Immunology Letters, v. 173, p. 61-68, MAY 2016. Citações Web of Science: 7.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.