Busca avançada
Ano de início
Entree

Irene D'Amico | University of York - Inglaterra

Processo: 14/50969-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 06 de outubro de 2015 - 27 de outubro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física Geral
Convênio/Acordo: CONFAP ; Newton Fund, com FAPESP como instituição parceira no Brasil
Pesquisador responsável:Roberto Menezes Serra
Beneficiário:Roberto Menezes Serra
Pesquisador visitante: Irene D Amico
Inst. do pesquisador visitante: University of York, Inglaterra
Instituição-sede: Centro de Ciências Naturais e Humanas (CCNH). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Assunto(s):Computação quântica  Informação quântica  Termodinâmica  Tecnologia quântica 

Resumo

A secunda lei termodinâmica estabelece que a entropia sempre tende a aumentar. No entanto, esta lei foi derivado para sistemas macroscópicos, enquanto que os processos em nível microscópicos (quânticos) seguem a equação Schröedinger, o que parece contradizer esta lei fundamental. Como, então, o aumento da desordem no mundo macroscópico emerge a partir desta ordem microscópico? Quando um sistema é grande ou complexa o suficiente para vermos estes comportamentos? Estas são as questões que iremos abordar neste plano de trabalho. Neste cenário, a observação de flutuações de energia é fundamental para a descrição de quantidades termodinâmicas (quânticas), tais como: trabalho, calor e entropia. Relações de flutuação regem estas quantidades e sua dinâmica. Embora tenha sido alcançado um progresso teórico considerável a respeito de propriedades fora do equilíbrio em sistemas quânticos muito pequenas; uma abordagem quântica completa para sistemas maiores ainda representa um desafio. Além disso, há uma carência de abordagens experimentais para lidar com este problema. A dificuldade fundamental está associada ao acesso as flutuações de energia, o que nos permite determinar a chamada distribuição de trabalho em certas dinâmicas do sistema. Temos a intenção de preencher esta lacuna, combinando a experiência de dois grupos de pesquisa, do Reino Unido e do Brasil. A proposta envolve esforços teóricos e experimentais para descrever a termodinâmica fora do equilíbrio de um sistema quântico de muitos corpos. Os resultados destas propostas deverá contribuir com passos importantes para fundamentar a área emergente conhecida como Termodinâmica Quântica. O presente pedido visa apoiar uma visita da Prof. Dr. D'Amico (Universidade de York, Reino Unido) junto ao grupo de ciência da informação quântica da Universidade Federal do ABC (UFABC), no estado de São Paulo. A mesma também está relacionada a uma solicitação do Newton Advanced Fellowship (Royal Soociety) feita pelos Dr. Serra e Prof. D'Amico em York (Reino Unido), no âmbito do acordo entre a FAPESP e a Royal Society. Consideramos o presente pedido como a contraparte brasileira do Newton Advanced Fellowship scheme. Este esquema e visita Prof. Dr. D'Amico visam estabelecer uma cooperação a longo prazo entre os grupos de pesquisa do Brasil e do Reino Unido. (AU)