Busca avançada
Ano de início
Entree

Sinalização do hormônio tireoidiano no hipocampo de ratos obesos

Processo: 15/13235-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2015 - 31 de dezembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Miriam Oliveira Ribeiro
Beneficiário:Miriam Oliveira Ribeiro
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM). Instituto Presbiteriano Mackenzie. São Paulo , SP, Brasil
Auxílios(s) vinculado(s):16/50447-0 - Role of type 3 deiodinase (D3) in depression induced by social isolation, AP.R SPRINT
Assunto(s):Depressão  Hormônios tireóideos  Obesidade 

Resumo

O T3 é chave no desenvolvimento e manutenção do Sistema Nervoso Central (SNC) por modular a expressão de proteínas relacionadas com a plasticidade neuronal, tais como o BDNF e a NT -3 e NGF, chamadas de neurotrofinas. Em animais hipotiroideos há redução destas proteínas e diminuição da neurogênese hipocampal que resultam em alterações comportamentais como depressão e prejuízos na formação de memória. O hormônio tireoideano é secretado na forma de T4 e convertido em T3, a forma fisiologicamente ativa do hormônio tireoidiano, pela ação das desiodases. As desiodases são fundamentais na regulação da quantidade de T3 disponível para o cérebro, podendo ativar o T4 em T3, processo catalisado pela D2, ou inativar o T4 a rT3, ação da D3. A obesidade também está relacionada com as mesmas alterações observadas no hipotireoidismo, ou seja diminuição na síntese de neurotrofinas no hipocampo, depressão e prejuízos nos processos de memória. Sendo assim, nossa hipótese de trabalho se baseia na possibilidade de que a obesidade leve à diminuição da sinalização do T3 no cérebro e que o hipotireoidismo local seja a base para as alterações comportamentais observadas nestes indivíduos. Para testar nossa hipótese, iremos estudar ratos Wistar submetidos ao tratamento com dieta hiperlipídica (40%) para o estabelecimento da obesidade, avaliar comportamentos depressivos e capacidade de aprendizado e formação de memória por meio de testes comportamentais. Posteriormente iremos analisar a expressão da enzima D3 pela técnica de imunohistoquímica, expressão dos genes da D2 e D3 assim como a expressão de genes regulados pelo T3 no cérebro por meio da técnica de PCR em tempo real (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
NASCIMENTO, BRUNA P. P.; BOCCO, BARBARA M. L. C.; FERNANDES, GUSTAVO W.; FONSECA, TATIANA L.; MCANINCH, ELIZABETH A.; CARDOSO, CAROLINA V.; BONDAN, EDUARDO F.; NASSIF, RENATA J.; CYSNEIROS, ROBERTA M.; BIANCO, ANTONIO C.; RIBEIRO, MIRIAM O. Induction of Type 2 Iodothyronine Deiodinase After Status Epilepticus Modifies Hippocampal Gene Expression in Male Mice. Endocrinology, v. 159, n. 8, p. 3090-3104, AUG 2018. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.