Busca avançada
Ano de início
Entree

Dispositivo híbrido de PVA/Colágeno/Ácido hialurônico cultivado com células-tronco mesenquimais para regeneração dérmica

Processo: 15/06883-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2016 - 31 de maio de 2018
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Biomédica - Engenharia Médica
Pesquisador responsável:Eliana Aparecida de Rezende Duek
Beneficiário:Eliana Aparecida de Rezende Duek
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde (FCMS). Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Sorocaba , SP, Brasil
Assunto(s):Biomateriais poliméricos  Células-tronco mesenquimais  Ácido hialurônico  Engenharia tecidual  Colágeno 

Resumo

Atualmente existem vários substitutos dérmicos, porém esses ainda estão associados com uma gama de problemas tais como reduzida vascularização, excessiva formação de fibrose, falta de flexibilidade, incapacidade de manter a hidratação da lesão, dentre outros. Nesse estudo pretende-se desenvolver um equivalente cutâneo que supra algumas das necessidades acima. O dispositivo bilaminar desenvolvido será composto por membrana de poli (álcool vinílico) - PVA, como análogo epidérmico, visando à hidratação da lesão e absorção de exsudato, e como análogo dérmico será utilizado um arcabouço de colágeno/ácido hialurônico, mimetizando a matriz extracelular. O arcabouço de colágeno/HA será cultivado com células-tronco mesenquimais derivadas de tecido adiposo humano (ASCs). As ASCs serão utilizadas devido seu potencial anti-fibrótico e angiogênico. Acredita-se que esse potencial anti-fibrótico seja devido à capacidade imunomodulatória das ASCs, uma vez que a formação de fibrose está relacionada com processos inflamatório persistente no local da lesão. Uma das principais células do sistema imune envolvidas no processo de cicatrização de feridas é o macrófago. Vários trabalhos têm demonstrado a polarização dos macrófagos induzidos pelas ASCs para um fenótipo anti-inflamatório. Portanto nesse estudo além do desenvolvimento do dispositivo bilaminar e suas caracterizações, será também analisado a manutenção do potencial imunomodulatório das ASCs sobre os macrófagos após cultivo no arcabouço de colágeno/HA. Para que possamos relacionar a capacidade imunomodulatória das ASCs com seu potencial anti-fibrótico será realizado o cultivo dessas células e de macrófagos no arcabouço de colágeno/HA e co-cultivadas com fibroblastos em sistema Transwell®. Essa co-cultura com fibroblastos irá permitir analisar os efeitos parácrinos da imunomodulação das ASCs. Até o momento demonstramos que foi possível obter o dispositivo bilaminar de PVA/colágeno/HA, também isolamos e expandimos as células do tecido adiposo, que foram confirmadas como células-tronco mesenquimais através da citometria de fluxo. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
KOMATSU, DANIEL; HAUSEN, MOEMA A.; ERI, RICARDO YUGI; LEAL, VINICIUS; PEDRINI, FLAVIA; YAKSIC, CAMILO; ALVES, THAIS F. R.; CHAUD, V, MARCO; FANELLI, CAMILLA; NORONHA, IRENE; DUEK, ELIANA A. R. Alternative Cutaneous Substitutes Based on Poly(L-co-D,L-lactic acid-co-trimethylene carbonate) with Schinus terebinthifolius Raddi Extract Designed for Skin Healing. ACS OMEGA, v. 4, n. 19, p. 18317-18326, NOV 5 2019. Citações Web of Science: 0.
KOMATSU, DANIEL; MISTURA, DANIEL V.; MOTTA, ADRIANA; DOMINGUES, JULIANA A.; HAUSEN, MOEMA A.; DUEK, ELIANA. Development of a membrane of poly (L-co-D,L lactic acid-co-trimethylene carbonate) with aloe vera: An alternative biomaterial designed to improve skin healing. JOURNAL OF BIOMATERIALS APPLICATIONS, v. 32, n. 3, p. 311-320, SEP 2017. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.