Busca avançada
Ano de início
Entree

Adaptações neuromusculares associadas à prática esportiva: efeito da fadiga muscular sobre parâmetros eletromiográficos e sobre o controle postural

Processo: 15/13096-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de janeiro de 2016 - 31 de dezembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Fernando Henrique Magalhães
Beneficiário:Fernando Henrique Magalhães
Instituição-sede: Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:André Fábio Kohn ; Leonardo Abdala Elias
Assunto(s):Controle postural  Treinamento físico 

Resumo

Apesar da prática de diferentes modalidades esportivas ser apontada por alguns estudos como um estímulo eficiente em gerar adaptações neuromusculares associadas a uma melhora no controle postural, até o presente momento poucos estudos investigaram o comportamento das oscilações posturais de atletas frente à manipulação de informações sensoriais, como por exemplo, na presença de informações táteis adicionais. Além disso, um grande número de estudos tem mostrado um aumento nas oscilações posturais em função da fadiga muscular. Compondo essas duas facetas, uma questão surge quanto a uma possível melhor adaptabilidade à fadiga por parte do desempenho do sistema de controle postural de atletas de esportes que primam pelo controle do equilíbrio. Neste aspecto, nota-se que não há na literatura investigações acerca dos efeitos da fadiga muscular sobre controle postural de praticantes do karate e da ginástica acrobática, atividades estas que requerem alto desempenho no controle postural. Visto que diferentes tipos de treinamento físico, especialmente aqueles que requerem ações rápidas e habilidosas envolvendo equilíbrio e orientação corporal, induzem melhoras no controle postural, a hipótese levantada no presente projeto é que os atletas do karate e da ginástica acrobática apresentem, após um protocolo de indução de fadiga muscular, um aumento nas oscilações posturais menos acentuado em comparação a indivíduos controle não praticantes de modalidades esportivas (i.e. um menor efeito da fadiga muscular sobre as oscilações posturais). Portanto, o objetivo do presente projeto é comparar, entre praticantes e não praticantes das modalidades supracitadas, os efeitos da fadiga muscular dos flexores plantares do tornozelo sobre o controle postural, durante tarefas de postura unipodal com e sem a presença de informações táteis adicionais (i.e. com e sem contato do dedo indicador com uma superfície externa). Além da avaliação de medidas relacionadas ao controle postural, eletromiografia (EMG) de superfície de músculos do membro inferior e do tronco será utilizada para avaliar mais profundamente as adaptações do sistema neuromuscular em função da instalação da fadiga. Mais especificamente, análises de parâmetros de EMG (tanto no domínio do tempo como no domínio da frequência) e análises de coerência EMG-EMG serão realizadas, tanto durante o protocolo de indução de fadiga muscular quanto durante as tarefas posturais (i.e. realizadas antes e após o protocolo de indução de fadiga). (AU)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SILVA, CRISTIANO ROCHA; MAGALHAES, FERNANDO HENRIQUE; KOHN, ANDRE FABIO. Fingertip-Coupled Spindle Signaling Does Not Contribute to Reduce Postural Sway Under Light Touch. FRONTIERS IN PHYSIOLOGY, v. 10, AUG 22 2019. Citações Web of Science: 0.
PIRES, FLAVIO O.; DOS ANJOS, CARLOS A. S.; COVOLAN, ROBERTO J. M.; FONTES, EDUARDO B.; NOAKES, TIMOTHY D.; GIBSON, ALAN ST CLAIR; MAGALHAES, FERNANDO H.; UGRINOWITSCH, CARLOS. Caffeine and Placebo Improved Maximal Exercise Performance Despite Unchanged Motor Cortex Activation and Greater Prefrontal Cortex Deoxygenation. FRONTIERS IN PHYSIOLOGY, v. 9, AUG 17 2018. Citações Web of Science: 4.
LACERDA DE ARAUJO, AMANDA VITORIA; NOGUEIRA BARBOSA, VALERIA RIBEIRO; GALDINO, GILMA SERRA; FREGNI, FELIPE; MASSETTI, THAIS; FONTES, SARA LYNN; SILVA, DANILO DE OLIVEIRA; DA SILVA, TALITA DIAS; DE MELLO MONTEIRO, CARLOS BANDEIRA; TONKS, JAMES; MAGALHAES, FERNANDO HENRIQUE. Effects of high-frequency transcranial magnetic stimulation on functional performance in individuals with incomplete spinal cord injury: study protocol for a randomized controlled trial. Trials, v. 18, NOV 6 2017. Citações Web of Science: 2.
PIRES, FLAVIO O.; DOS ANJOS, CARLOS A. S.; COVOLAN, ROBERTO J. M.; PINHEIRO, FABIANO A.; GIBSON, ALAN ST CLAIR; NOAKES, TIMOTHY D.; MAGALHAESI, FERNANDO H.; UGRINOWITSCH, CARLOS. Cerebral Regulation in Different Maximal Aerobic Exercise Modes. FRONTIERS IN PHYSIOLOGY, v. 7, JUL 5 2016. Citações Web of Science: 5.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.