Busca avançada
Ano de início
Entree

Pesquisa e desenvolvimento de câmaras especiais de inox para ultra-alto vácuo do Projeto (Sirius)

Processo: 14/50784-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de agosto de 2015 - 31 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física
Convênio/Acordo: FINEP - PIPE/PAPPE Subvenção
Pesquisador responsável:Fernando José Arroyo
Beneficiário:Fernando José Arroyo
Empresa:FCA Brasil Indústria, Comércio e Usinagem de Peças Ltda. EPP
Município: Campinas
Assunto(s):Acelerador de partículas  Radiação síncrotron  Ultra-alto vácuo  Projeto Sirius 

Resumo

Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS) projetou e construiu a primeira fonte de luz síncrotron do hemisfério sul, que hoje opera em 1.37 GeV e possui 18 estações experimentais. Fontes de luz síncrotron são equipamentos de pesquisa de grande porte para a produção de feixes de radiação eletromagnética de amplo espectro (infravermelho, visível, ultravioleta e raios-x) e de alta intensidade. Hoje o Laboratório Nacional de Luz Síncrotron está trabalhando no projeto de uma nova fonte de luz síncrotron de terceira geração, d "Sirius", um acelerador síncrotron de 3 GeV e 0.28 nm radiano de emitância, que será a melhor do mundo na sua classe. Nas fontes de luz sincrotron (FLS), a aceleração dos elétrons e a extração da luz sincrotron necessitam de ambientes com pressões na faixa de ultra-alto vácuo (10-7 a 10-12 mbar). Nesse contexto, as câmaras de vácuo dos aceleradores e linhas de luz são compostas de diferentes materiais e geometrias, de modo a atender as diferentes exigências e necessidades para cada componente. Dentro deste contexto desafiador emerge a FCA Brasil, empresa especializada no design e no desenvolvimento de projetos de câmaras de ultra-alto vácuo... (AU)