Busca avançada
Ano de início
Entree

Pesquisa da ocorrência de oocistos de Toxoplasma gondii, cistos de Giardia spp. e oocistos de Cryptosporidium spp. em amostras de água de reuso

Processo: 15/05882-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2015 - 30 de setembro de 2017
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Saneamento Ambiental
Pesquisador responsável:Maria Tereza Pepe Razzolini
Beneficiário:Maria Tereza Pepe Razzolini
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Toxoplasma gondii 

Resumo

Introdução: O enfrentamento à crise hídrica requer estratégias como o reuso de água como forma de gestão dos recursos hídricos tanto em situações de escassez quanto para o estabelecimento de políticas futuras. No entanto, aspectos concernentes a essa prática não podem ser ignorados como efeitos a saúde de expostos a essas águas. A avaliação da qualidade parasitológica das águas de reuso deve ser realizada assim como se estimar qual é o nível de risco ao qual a população está exposta. Protozoários patogênicos como Toxoplasma gondii, Giardia e Cryptosporidium estão circulando no ambiente e, portanto a detecção de sua presença e concentração deve realizada para fundamentar discussões para estabelecimento de políticas de reuso de águas já que, em nosso país, não há nenhuma regulamentação sobre o assunto. Objetivos: O objetivo da pesquisa é o de quantificar (oo)cistos de Giardia e de Cryptosporidium em amostras de água de reuso, implantar técnica de quantificação de oocistos de T.gondii em amostras de água de reuso, contribuir com dados para a construção de modelo conceitual de exposição para determinar a dose e assim estimar o risco de infecção por esses protozoários. Método: Serão coletadas 48 amostras em ETE na cidade de São Paulo durante 12 meses com frequência semanal. As coletas serão realizadas segundo método 1623.1/USEPA 2012 para a quantificação de (oo)cistos de Giardia e Cryptosporidium. A detecção de Toxoplasma gondii será realizada por técnica molecular onde a extração de DNA será realizada com kit comercial Qiagen QiAmp DNA® de acordo com as instruções do fabricante. A PCR será dirigida para a detecção de um fragmento 286 pares de base do gene B1 de T. gondii de acordo com o Pelloux et al. (1997). As bandas de 286pb, indicativas da presença de T. gondii, serão determinadas por comparação com padrões de fragmentos de 50 pares de bases, submetidos à eletroforese no mesmo gel. O cenário de exposição para subsidiar a probabilidade de infecção será desenhado utilizando-se a abordagem da Avaliação Quantitativa de Risco Microbiológico (AQRM). Resultados Esperados: Os resultados previstos com a realização do presente projeto são: obter resultados quanto à presença e concentração de patógenos - Giardia, Cryptosporidium e T.gondii - em amostras de água de reuso destinadas a lavagem de ruas e possíveis outros usos na área urbana; obter informações sobre a distribuição desses protozoários em águas de reuso; obter dados para subsidiar estimativas de probabilidade de infecção pela ingestão/inalação de água de reuso; capacitar recursos humanos para realização da técnica de detecção do protozoário Toxoplasma gondii a partir de amostras ambientais; adquirir background para a participação de discussões técnicas relativas a atualizações metodológicas e estabelecimento de padrões desses organismos em águas destinadas ao reuso urbano, pois esses dados servirão como referência para elaboração e revisão da legislação específica. (AU)