Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da viabilidade, proliferação e potencial osteogênico de células-tronco de polpa dentária humana cultivadas sobre membranas de PCL/Poli(rotaxano)

Processo: 15/15055-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2015 - 31 de outubro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Cirurgia Buco-maxilo-facial
Pesquisador responsável:Maria Cristina Zindel Deboni
Beneficiário:Maria Cristina Zindel Deboni
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Carla Renata Sipert ; Marcia Martins Marques
Assunto(s):Osteoblastos  Regeneração óssea  Teste de biocompatibilidade  Osteogênese 

Resumo

Apesar do enxerto autógeno ser ainda hoje considerado padrão de referência na área da reconstrução óssea devido a suas propriedades quanto a condução e indução óssea, ele apresenta algumas desvantagens, sendo que a maioria são complicações associadas ao leito doador. Neste contexto, a busca por substitutos ósseos ou procedimentos para neoformação óssea têm sido uma constante na bioengenharia de tecidos. Além dos materiais de enxertia, membranas reabsorvíveis e não reabsorvíveis foram desenvolvidas inicialmente com o propósito de promover a regeneração óssea guiada (ROG) quando ainda existir volume ósseo suficiente para ser estimulado para sua regeneração. As membranas compostas por polímeros podem apresentar nanofibras formadas por eletrofiação. Esta técnica permite com baixo custo a fabricação de membranas com potencial para uma variedade de aplicações. O departamento de engenharia de materiais da UNICAMP desenvolveu uma membrana eletrofiada composta por blendas de dois polímeros o pcl (policaprolactona) e o poli-rotaxano que de acordo com a literatura quando associados, apresentam propriedades importantes para sua utilização na construção de arcabouços que exijam reabsorção lenta o que pode favorecer a liberação de moléculas ou substâncias bioativas com diversas aplicações em medicina e odontologia. O objetivo desse projeto é avaliar in vitro o comportamento biológico quanto ao comportamento biológico da membrana eletrofiada de PCL/polirotaxano (PCL/Polirotax) verificar e se possuiu potencial funcional osteogênico. Para tanto, células tronco derivadas de polpa dental humana serão cultivadas sobre amostras da membrana PCL/Polirotax onde será avaliada a viabilidade, proliferação celular, adesão sobre a membrana, atividade de fosfatase alcalina e formação de nódulos de mineralização bem como a expressão gênica destas células. Se nossos resultados comprovarem que este composto polimérico sob a forma de membrana apresentar potencial funcional osteogênico amostras desta membrana funcionalizada por células tronco poderão ser empregadas em proposta futura de estudo in vivo para o tratamento de defeitos ósseos críticos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
OLIVEIRA, N. K.; SALLES, T. H. C.; PEDRONI, A. C.; MIGUITA, L.; D'AVILA, M. A.; MARQUES, M. M.; DEBONI, M. C. Z. Osteogenic potential of human dental pulp stem cells cultured onto poly-epsilon-caprolactone/poly (rotaxane) scaffolds. Dental Materials, v. 35, n. 12, p. 1740-1749, DEC 2019. Citações Web of Science: 0.
COSTA SALLES, TAIS HELENA; SENDYK, DANIEL ISAAC; DE OLIVEIRA, NATACHA KALLINE; MACHADO, DAISY; LANCELLOTTI, MARCELO; ZINDEL DEBONI, MARIA CRISTINA; KIANG, CHANG TIEN; D'AVILA, MARCOS AKIRA. In vitro and in vivo evaluation of electrospun membranes of poly (epsilon-caprolactone) and poly (rotaxane). Materials Science & Engineering C-Materials for Biological Applications, v. 77, p. 912-919, AUG 1 2017. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.