Busca avançada
Ano de início
Entree

Dynamic Patterns of Forces and Loading Rate in Runners with Unilateral Plantar Fasciitis: A Cross-Sectional Study

Processo: 15/20042-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de outubro de 2015 - 31 de março de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Ana Paula Ribeiro
Beneficiário:Ana Paula Ribeiro
Instituição-sede: Universidade de Santo Amaro (UNISA). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Dor 

Resumo

Introdução/Hipóteses: A etiologia da fasciite plantar (FP) tem sido relacionada à vários fatores de risco, mas a magnitude da carga plantar vem sendo o fator de risco mas comumente relacionado à lesão. Apesar da FP ser a terceira lesão mais incidente em corredores, somente dois estudos tem investigado o fator sobrecarga nesta população, e, os resultados ainda permanecem inconclusivos sobre os diferentes estágios da FP. Objetivo: Analisar e comparar a carga plantar e a taxa de carga vertical durante a corrida de corredores com FP, no estágio agudo e crônico, em relação aos corredores saudáveis. Métodos: Quarenta e cinco corredores com FP unilateral (30 agudo e 15 crônico) e 30 corredores controle foram avaliados durante uma corrida de 12 km/h na distância de 40 metros. Todos os corredores utilizaram um calçado de corrida neutro para padronização e palmilhas do sistema Pedar-X. A área e o tempo de contato, a força máxima e a integral da força sobre o retropé, mediopé e antepé foram recordados, bem como a taxa de carga (20-80% do primeiro pico de força vertical) que foi calculada. Os grupos foram comparados por meio de ANOVAs (p<0.05). Resultados: A força máxima e a integral da força sobre o retropé, bem como a taxa de carga foram maiores em corredores com FP (estágio agudo e crônico) comparado com corredores controle (p<0.01). Corredores com FP no estágio agudo mostraram menor taxa de carga e força máxima sobre o retropé comparado com corredores no estágio crônico da FP (p<0.01). Conclusão: Corredores com FP mostraram padrão dinâmico de carga plantar diferentes durante a corrida sobre a área do retropé, dependendo do estágio da lesão (aguda e crônica). No estágio agudo da FP, corredores mostraram menor taxa de carga e força máxima sobre retropé, possivelmente, devido o mecanismo dinâmico relacionado a proteção ao sintoma de dor na área do calcâneo. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RIBEIRO, ANA P.; SACCO, ISABEL C. N.; DINATO, ROBERTO C.; JOAO, SILVIA M. A. Relationships between static foot alignment and dynamic plantar loads in runners with acute and chronic stages of plantar fasciitis: a cross-sectional study. BRAZILIAN JOURNAL OF PHYSICAL THERAPY, v. 20, n. 1, p. 87-95, JAN-FEB 2016. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.