Busca avançada
Ano de início
Entree

13º Encontro Nacional de Pesquisadores em Jornalismo

Processo: 15/17452-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Organização de Reunião Científica
Vigência: 04 de novembro de 2015 - 06 de novembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Comunicação - Jornalismo e Editoração
Pesquisador responsável:Cláudia Lago
Beneficiário:Cláudia Lago
Instituição-sede: Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo (SBPJor)
Assunto(s):Jornalismo  Fronteiras 

Resumo

O 13º Encontro Anual da Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo (SBPJor) tem como tema chave "Pesquisa em Jornalismo e reconfiguração de fronteiras: tensões, interfaces e diálogos" e busca pensar a significativa transformação que o jornalismo vem enfrentando a partir das reconfigurações das fronteiras físicas e simbólicas. A globalização que alterou a face do mundo refletiu-se também nas rotinas e relações do Jornalismo, ao mesmo tempo em que modificou as relações de pertencimento e as construções identitárias. As sociedades deste século estão permeadas pelos fluxos de capital, trabalho, mercadorias, informações e imagens: o jornalismo se faz a partir de novos ambientes digitais de apuração, edição e compartilhamento e da expansão das possibilidades de interação com seus públicos. Novos atores na prática informativa implicam em novas formas de fazer jornalismo, e a práxis tradicional enfrenta desafios relacionados ao encolhimento e transformação do mercado de trabalho. Ao mesmo tempo as fronteiras físicas, também em processo de revisão, implicam em mudanças nos sentidos simbólicos de pertencimento social. Estas questões serão discutidas nas sessões de apresentação de trabalhos, na Conferência de Abertura, onde o pesquisados inglês James Curran falará sobre Jornalismo e as novas fronteiras da democracia e na Mesa "Novas Fronteiras do Jornalismo", com os pesquisadores Jacques Mick (UFSC), que abordará o tema a partir das fronteiras colocadas para o Jornalismo pelas novas formas de fazer e novos atores envolvidos na prática informativa; Roseli Fígaro (ECA/USP), que abordará a questão das novas fronteiras postas para o Jornalismo enquanto profissão e para os jornalistas enquanto agentes desse processo; e Daniela Ota (UFMS), que abordará a perspectiva das Fronteiras dentro de seu aspecto físico e de como esta cartografia estabelece novos sentidos simbólicos. (AU)