Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da relação da via da integridade da parede celular e de genes de resposta ao estresse térmico no fungo patogênico humano Aspergillus fumigatus

Processo: 15/17541-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2015 - 31 de outubro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Biologia e Fisiologia dos Microorganismos
Pesquisador responsável:Iran Malavazi
Beneficiário:Iran Malavazi
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Pesq. associados:Anderson Ferreira da Cunha ; Julio Cesar Borges ; Lisandra Marques Gava Borges
Bolsa(s) vinculada(s):16/14156-0 - Estudo da relação da via da integridade da parede celular e de genes de resposta ao estresse térmico no fungo patogênico humano Aspergillus fumigatus, BP.TT
Assunto(s):Termotolerância  Aspergillus fumigatus  Parede celular 

Resumo

A. fumigatus é um fungo saprófita e também um agressivo patógeno oportunista, responsável pela vasta maioria dos casos de Aspergilose Pulmonar Invasiva, a forma mais grave das infecções ocasionadas por este fungo. A relativa resistência dos mamíferos aos fungos é atribuída à uma combinação entre a atividade do sistema imune e a endotermia. A temperatura mais elevada do sangue dos mamíferos cria um ambiente restritivo para a infecção fúngica. Fungos mais adaptados a sobreviver em temperaturas elevadas, como é o caso de A. fumigatus, apresentam melhor fitness no hospedeiro homotérmico. Todos os organismos apresentam uma massiva resposta celular universal durante o aumento de temperatura que corresponde a alteração do programa de expressão gênica que culmina com a síntese de proteínas de choque térmico. Em levedura, o fator de transcrição HSF1 coordena a expressão de vários genes relacionados a resposta ao choque térmico, dentre eles a chaperona molecular Hsp90. Tem sido verificado em outros organismos fúngicos que Hsp90 é capaz de regular a estabilidade e a função de componentes de importantes vias de sinalização celular. Dentre estas, destaca-se a via da integridade da parede celular (via CWI). Esta via é um elemento modulador central da organização, biossíntese e remodelamento da parede da célula fúngica. A parede celular é uma importante estrutura que fornece integridade estrutural e física sendo também um dos componentes celulares responsáveis pela interação com o hospedeiro durante a infeção. Entretanto, a parede celular e seus mecanismos regulatórios ainda não foram totalmente explorados como um alvo de novos quimioterápicos antifúngicos. O nosso laboratório identificou anteriormente uma interação genética entre os principais genes da via CWI (PkcA, MpkA e RlmA) e a chaperona molecular hsp90. Esses dados indicam uma correlação direta entre a função do sistema regulatório Hsf1-Hsp90 e a integridade da parede celular em A. fumigatus. Com o presente trabalho espera-se que a conexão entre a via CWI e de pelo menos dois importantes genes de resposta ao choque térmico em A. fumigatus seja melhor compreendida (isto é, hsfA(HSF1) e hsp90). Para tanto os principais objetivos desse projeto são: (i) caracterização molecular do gene que codifica o possível homólogo funcional do fator de transcrição HSF1 em A. fumigatus, hsfA; (ii) avaliação da atividade da via CWI durante o choque térmico em A. fumigatus; (iii e iv) expressão das proteínas recombinantes PkcA(409-1106), MpkA, RlmA e Hsp90 em sistema bacteriano visando a avaliação da interação física desses componentes da via CWI com a chaperona molecular Hsp90 em A. fumigatus. (AU)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TADINI MARILHANO FABRI, JOAO HENRIQUE; GODOY, NAIANE LIMA; ROCHA, MARINA CAMPOS; MUNSHI, MANSA; COCIO, TIAGO ALEXANDRE; VON ZESKA KRESS, MARCIA REGINA; FILL, TAICIA PACHECO; DA CUNHA, ANDERSON FERREIRA; DEL POETA, MAURIZIO; MALAVAZI, IRAN. The AGC Kinase YpkA Regulates Sphingolipids Biosynthesis and Physically Interacts With SakA MAP Kinase in Aspergillus fumigatus. FRONTIERS IN MICROBIOLOGY, v. 9, JAN 14 2019. Citações Web of Science: 1.
PIVA, ROGER H.; ROCHA, MARINA C.; PIVA, DIOGENES H.; IMASATO, HIDETAKE; MALAVAZI, IRAN; RODRIGUES-FILHO, UBIRAJARA P. Acidic Dressing Based on Agarose/Cs2.5H0.5PW12O40 Nanocomposite for Infection Control in Wound Care. ACS APPLIED MATERIALS & INTERFACES, v. 10, n. 37, p. 30963-30972, SEP 19 2018. Citações Web of Science: 2.
ROCHA, MARINA CAMPOS; DE GODOY, KRISSIA FRANCO; BANNITZ-FERNANDES, RENATA; MARILHANO FABRI, JOAO H. T.; FERRARI BARBOSA, MAYRA M.; DE CASTRO, PATRICIA ALVES; ALMEIDA, FAUSTO; GOLDMAN, GUSTAVO HENRIQUE; DA CUNHA, ANDERSON FERREIRA; NETTO, LUIS E. S.; DE OLIVEIRA, MARCOS ANTONIO; MALAVAZI, IRAN. Analyses of the three 1-Cys Peroxiredoxins from Aspergillus fumigatus reveal that cytosolic Prx1 is central to H2O2 metabolism and virulence. SCIENTIFIC REPORTS, v. 8, AUG 17 2018. Citações Web of Science: 5.
PIVA, ROGER HONORATO; ROCHA, MARINA CAMPOS; PIVA, DIOGENES HONORATO; KLEGUES MONTEDO, OSCAR RUBEM; IMASATO, HIDETAKE; MALAVAZI, IRAN; RODRIGUES-FILHO, UBIRAJARA PEREIRA. Combating pathogens with Cs2.5H0.5PW12O40 nanoparticles: a new proton-regulated antimicrobial agent. JOURNAL OF MATERIALS CHEMISTRY B, v. 6, n. 1, p. 143-152, JAN 7 2018. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.