Busca avançada
Ano de início
Entree

A percepção de alunos e professores sobre o processo de conceitualização em ciências por cegos congênitos: um estudo para a construção de propostas curriculares inclusivas e interdisciplinares

Processo: 15/04945-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2015 - 31 de outubro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Tópicos Específicos de Educação
Pesquisador responsável:Estéfano Vizconde Veraszto
Beneficiário:Estéfano Vizconde Veraszto
Instituição-sede: Centro de Ciências Agrárias (CCA). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Araras , SP, Brasil
Assunto(s):Educação inclusiva  Inclusão  Ensino de ciências  Formação de professores 

Resumo

Este projeto apresenta uma proposta de pesquisa para investigar como alunos de licenciaturas em Física, Química e Biologia entendem a percepção de cegos congênitos sobre fenômenos naturais e o processo de conceitualização em ciências. Além disso, esta proposta também investigará a concepção de professores atuantes no ensino regular, confrontando os resultados com as concepções de alunos cegos congênitos e videntes, os quais também serão investigados. Este propósito fundamenta-se no fato de que todo processo inclusivo deve levar em consideração que as diferenças individuais devem ser reconhecidas e aceitas por toda a sociedade, sendo este um dos pilares para a construção de uma nova abordagem didática e pedagógica no ambiente escolar. Para que tal objetivo se cumpra, o projeto adotará tanto a metodologia qualitativa como a quantitativa nas etapas investigativas. Em um primeiro momento, através de análise de conteúdo, serão analisadas as concepções de licenciandos em física, química e biologia, professores de ciências do ensino regular e alunos cegos congênitos e videntes a respeito da formação de conceitos científicos em cegos congênitos. A partir dos dados, uma escala de valores será desenvolvida com o mesmo propósito investigativo. Essa segunda etapa consistirá em uma metodologia quantitativa de análise fatorial. Com este trabalho, espera-se trazer novas luzes acerca da compreensão do processo de conceitualização em ciências por cegos, bem como estabelecer relações sobre como professores em formação trabalham essas questões. Os resultados serão empregados na formulação de propostas de ensino com características inclusivas para o ensino de ciências. (AU)