Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da atividade anti-Candida de espécies de Mentha e seus compostos bioativos, isolados ou em associação, e seus efeitos sobre as células fúngicas

Processo: 15/10814-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2015 - 31 de outubro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Odontologia Social e Preventiva
Pesquisador responsável:Jose Francisco Hofling
Beneficiário:Jose Francisco Hofling
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Pesq. associados:Paula Cristina Anibal ; Priscilla de Laet Santana Mariano
Assunto(s):Fatores de virulência  Fungos  Antifúngicos  Leveduras  Plantas medicinais 

Resumo

Fungos do gênero Candida, têm se mostrado cada vez mais frequentes como agentes etiológicos de infecções fúngicas, associados particularmente a pacientes imunossuprimidos. Tem sido reportada na literatura uma crescente ocorrência de resistência destes microrganismos às drogas antifúngicas disponíveis para o tratamento dessas patologias, como os agentes polienos e azóis, o que tem levado os pesquisadores dessa área a procurar novas alternativas de medicamentos que tenham ação contra esses organismos. As plantas medicinais há muito vêm sendo empregadas no tratamento de doenças através de seus extratos, óleos essenciais e respectivos componentes bioativos o que as torna grande fonte de pesquisa de novos fármacos. Óleos essenciais extraídos de plantas do gênero Mentha spp. têm demonstrado um potencial de ação antimicrobiana, em especial atividade antifúngica, contra fungos do gênero Candida, conforme descrito por vários autores na literatura científica. Sendo assim, o presente projeto de pesquisa envolve um trabalho conjunto de pesquisadores a fim de dar continuidade a estudos sobre a atividade antifúngica de espécies de plantas do gênero Mentha, já iniciados no grupo de pesquisa da FOP/UNICAMP. Como objetivos específicos destacam-se: 1) avaliar a composição do óleo essencial obtido das espécies de Mentha; 2) avaliar a atividade antifúngica (CIM) do óleo essencial extraído e compostos isolados obtidos comercialmente: mentona, mentofurano, pulegona, carvona e mentol; 3) avaliar o efeito do óleo essencial e de compostos isolados sobre a célula da levedura, através de técnicas de citometria de fluxo e microscopia eletrônica; 4) verificar a influência do óleo essencial e dos compostos sobre a produção de proteínas SAP e sua expressão gênica em Candida albicans; 5) verificar a ação dos óleos obtidos e compostos sobre a produção de hifas em Candida albicans e biofilme em formação; 6) avaliar a presença de efeito antimicrobiano sinérgico entre óleo essencial da Mentha spp., compostos isolados e antifúngicos. 7) avaliar possíveis efeitos citotóxicos do óleo essencial e seus compostos sobre células epiteliais humanas.A composição dos óleos essenciais será obtida por cromatografia em camada delgada e cromatografia gasosa a fim de se detectar os componentes bioativos com potencial antimicrobiano. A atividade anti-Candida spp. do óleo essencial, compostos isolados, antifúngicos comerciais e combinações entre eles serão avaliados pelo método de microdiluição em caldo de susceptibilidade a antifúgicos, utilizando microplacas de 96 poços, sendo que as concentrações inibitórias mínimas (CIM) das substâncias combinadas serão avaliadas pelo método Checkerboard, para determinar a ocorrência de sinergismo, antagonismo ou ausência de interação. Os óleos essenciais e compostos que apresentarem efeito antifúngico no teste de sensibilidade serão avaliados quanto a integridade celular e fatores de virulência como: produção de hifas, formação de biofilme e expressão de proteínas SAP. A integridade celular será analisada por citometria de fluxo. O óleo essencial de menta e os compostos isolados serão testados quanto a sua capacidade de inibir a formação de hifas em C. albicans, através do cultivo em meio sólido e líquido contendo 10% de soro fetal bovino, com posterior análise por microscopia óptica e MEV. A expressão gênica das proteínas SAP será analisada com a técnica de RT-PCR. Desta forma, tais estudos poderão contribuir para elucidar o potencial e o mecanismo de ação de óleos essenciais e compostos derivados do óleo de Mentha spp. sobre leveduras do gênero Candida, potencialmente patogênicas. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SANTANA, PRISCILLA DE LAET; BUSATO DE FEIRIA, SIMONE NATALY; HOFLING, JOSE FRANCISCO. Medicinal Plants as a Source of New Therapeutic Products: Genus Mentha and the Potential Antimicrobial Activity of Extracts and Essential Oils. JOURNAL OF FUNGI, v. 2, n. 2, p. 94-114, 2016. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.