Busca avançada
Ano de início
Entree

Efficacy of the McKenzie method in patients with chronic non-specific low back pain: a randomised placebo controlled trial

Resumo

A dor lombar é um importante problema de saúde pública. O método McKenzie tem sido utilizado como uma intervenção ativa no tratamento de pacientes com dor lombar crônica; porém, não se sabe o quanto esse método é realmente efetivo no tratamento desta população. Objetivos: Avaliar a eficácia do método McKenzie versus um tratamento placebo em pacientes com dor lombar crônica e se a síndrome do desarranjo consiste num preditor de melhora clínica ou de resposta específica ao tratamento. Tipo do estudo: Ensaio controlado aleatorizado, com controle placebo e avaliador cego. Critérios de elegibilidade: 148 pacientes com. dor lombar crônica. Intervenções: Programa de 8 semanas (10 sessões no total) com método McKenzie (movimentos repetidos e/ou posições sustentadas) ou Placebo (ultrassom e ondas curtas funcionando em modo placebo). For motivos éticos os pacientes, de ambos os grupos receberão na primeira sessão uma cartilha com informações baseadas nas Diretrizes para o Gerenciamento da Dor Lombar. Desfechos: Os desfechos clínicos (dor, incapacidade, cinesiofobia e percepção do efeito global) serão obtidos apôs o tratamento e 3,6 e 12 meses após a aleatorização. Os desfechos primários serão intensidade de dor e incapacidade geral após o tratamento. Resultados esperados: Espera*se que os pacientes tratados com o método McKenzie apresentem uma melhora clínica, a curto, médio, e longo prazo, maior do que dos pacientes tratados com terapia placebo e que esses resultados possam auxiliar profissionais de saúde na tomada de decisões clínicas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)