Busca avançada
Ano de início
Entree

Correlação do potencial de geração de trombina e atividade endoscópica na doença de Crohn

Resumo

Introdução: A trombose está associada a alta morbimortalidade, com impacto na qualidade de vida do indivíduo. Imediatamente após o episódio trombótico, a mortalidade é elevada, principalmente no tromboembolismo pulmonar (TEP), permanecendo aumentada nos 30 anos subsequentes. A trombose venosa profunda (TVP) acomete 127-314/100.000 pacientes com DC por ano, enquanto o tromboembolismo pulmonar ocorre em 105-110/100.000 pacientes por ano, o que corresponde a um risco 2 a 3 vezes maior de trombose se comparado à população em geral . A incidência de tromboembolismo venoso varia de 1-10%, atingindo até 40% em estudos postmortem em pacientes com DC. Provavelmente, esta alta incidência de diagnóstico por necrópsia reflita o baixo índice suspeição clínica, tanto pela dificuldade em diferenciar a DC em atividade da trombose mesentérica, quanto por episódios de trombose assintomáticos. Apesar do grande avanço no tratamento da doença de Crohn nos últimos anos, cerca de 50% dos pacientes em remissão clínica ainda mantém atividade endoscópica, o que poderia estar associado ao maior risco de trombose nesses pacientes. Assim, identificar ambulatorialmente pacientes com atividade inflamatória sub-clínica e, consequentemente, com risco aumentado de trombose, pode justificar a otimização do tratamento da DC com objetivo de controlar a inflamação, independente da sintomatologia, como medida preventiva a longo prazo capaz de reduzir o risco de trombose nessa população específica. Dessa forma, o objetivo desse estudo é comparar o potencial de geração de trombina, que reflete o balanço entre as três fases da coagulação em pacientes ambulatoriais, com doença de Crohn em remissão clínica, com e sem atividade endoscópica. Pacientes e métodos: Serão incluídos pacientes com doença de Crohn, com indicação clínica para realização de colonoscopia, em remissão clínica definida pelo Índice de Atividade da doença de Crohn abaixo de 150 e Índice Harvey-Bradshaw abaixo de 5, com ou sem atividade endoscópica definido pelo Índice de severidade endoscópica da doença de Crohn e o escore simplificado de atividade endoscópica para doença de Crohn. O potencial de geração de trombina será realizada no HC-FMUSP através do trombograma calibrado automaticamente (CAT- Calibrated Automated Thrombogram®, Maastricht, Holanda), com e sem trombomodulina. Serão incluídos inicialmente 50 pacientes independente da atividade clínica da DC para testar a correlação entre a atividade da doença e o potencial de geração de trombina, seguido pela inclusão de 150 pacientes em remissão clínica, com e sem atividade inflamatória endoscópica (75 participantes em cada categoria endoscopica). Participarão do estudo multiplos centros especializados no tratamento de doença inflamatória intestinal em todo o Brasil, a coleta de dados será realizada de forma sistematizada, via internet, com auxílio do programa RedCap (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ANDRADE, ADRIANA RIBAS; FLORES DA ROCHA, TANIA RUBIA; ORTIZ-AGOSTINHO, CARMEN LUCIA; NISHITOKUKADO, IEDA; CARLOS, ALEXANDRE SOUSA; CARDOSO DE AZEVEDO, MATHEUS FREITAS; HASHIMOTO, CLAUDIO LIOSHI; MOURA CINTRA DAMIAO, ADERSON OMAR; CARRILHO, FLAIR JOSE; D'AMICO, ELBIO; SIPAHI, AYTAN MIRANDA; DE ARRUDA LEITE, ANDRE ZONETTI. Endoscopic activity, tissue factor and Crohn's disease: findings in clinical remission patients. THERAPEUTIC ADVANCES IN GASTROENTEROLOGY, v. 13, AUG 2020. Citações Web of Science: 0.
ANDRADE, ADRIANA R.; BARROS, LUISA L.; AZEVEDO, MATHEUS F. C.; CARLOS, ALEXANDRE S.; DAMIAO, ADERSON O. M. C.; SIPAHI, AYTAN M.; LEITE, ANDRE Z. A. Risk of thrombosis and mortality in inflammatory bowel disease. CLINICAL AND TRANSLATIONAL GASTROENTEROLOGY, v. 9, APR 3 2018. Citações Web of Science: 7.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.