Busca avançada
Ano de início
Entree

A deep dive in the world of dendritic cells: their role in asthma and in exercise immunology

Processo: 15/50079-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2015 - 31 de outubro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Convênio/Acordo: Erasmus Universiteit Rotterdam
Proposta de Mobilidade: SPRINT - Projetos de pesquisa - Mobilidade
Pesquisador responsável:Rodolfo de Paula Vieira
Beneficiário:Rodolfo de Paula Vieira
Pesq. responsável no exterior: Bart Lambrecht
Instituição no exterior: Erasmus University Rotterdam (EUR), Holanda
Instituição-sede: Universidade Nove de Julho (UNINOVE). Campus Vergueiro. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:12/15165-2 - Papel da sinalização purinérgica e da sinalização SOCS-JAK-STAT nos efeitos antiinflamatórios do treinamento aeróbio em modelos experimentais de asma e em indivíduos asmáticos, AP.JP
Assunto(s):Células dendríticas 

Resumo

A asma é uma doença inflamatória crônica das vias aéreas, que resulta em piora da qualidade de vida do portador da doença. Nos últimos anos diversos estudos têm demonstrado que o treinamento físico aeróbio (TFA) realizado de maneira adequada apresenta efeitos anti-inflamatórios para as vias aéreas, tanto em modelos experimentais de asma quanto para indivíduos asmáticos. Entretanto, embora alguns poucos efeitos celulares tenham sido investigados (ainda somente nos modelos animais), o estudo dos possíveis mediadores celulares dos efeitos do treinamento físico aeróbio na asma, como por exemplo das células dendríticas, ainda não foram investigados. Assim, o presente projeto objetiva avaliar os efeitos do TFA sobre o número, sobre a ativação e maturação de células dendríticas mielóides, plasmacitóides e sobre células dendríticas derivadas de monócitos e sobre as células dendríticas tradicionais CD11b+ em pacientes asmáticos e também em modelos experimentais de asma. Para isso, nos dois modelos experimentais de asma crônica que serão utilizados (OVA e HDM), os animais serão primeiramente sensibilizados e desafiados, e só então submetidos ao TFA (para avaliação do efeito terapêutico). Assim, o número de células dendríticas e os respectivos subtipos, assim como os níveis de maturação e ativação (produção de citocinas) serão avaliadas no lavado bronchoalveolar e também no sangue. Além disso, o lavado medular será realizado para a geração de células dendríticas, as quais serão avaliadas após re-estímulo in vitro. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MACKENZIE, BREANNE; ANDRADE-SOUSA, ADILSON SANTOS; OLIVEIRA-JUNIOR, MANOEL CARNEIRO; ASSUMPCAO-NETO, ERASMO; RODRIGUES BRANDAO-RANGEL, MAYSA ALVES; SILVA-RENNO, ADRIANO; SANTOS-DIAS, ALANA; CICKO, SANJA; GRIMM, MELANIE; MUELLER, TOBIAS; LIGEIRO OLIVEIRA, ANA PAULA; MARTINS, MILTON ARRUDA; IDZKO, MARCO; VIEIRA, RODOLFO PAULA. Dendritic Cells Are Involved in the Effects of Exercise in a Model of Asthma. MEDICINE AND SCIENCE IN SPORTS AND EXERCISE, v. 48, n. 8, p. 1459-1467, AUG 2016. Citações Web of Science: 9.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.