Busca avançada
Ano de início
Entree

Cognição social e comparação dos critérios de demência do DSM-IV e DSM-5 entre idosos atendidos na atenção básica

Processo: 15/16412-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2015 - 30 de novembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Psiquiatria
Pesquisador responsável:Marcos Hortes Nisihara Chagas
Beneficiário:Marcos Hortes Nisihara Chagas
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Pesq. associados:Cleusa Pinheiro Ferri ; Flávia de Lima Osório ; Maria Paula Foss ; Sofia Cristina Iost Pavarini
Assunto(s):Neuropsicologia  Cognição social  Diagnóstico clínico  Demência  Atenção primária à saúde  Idosos 

Resumo

A demência é uma síndrome clínica que cursa com alterações dos domínios cognitivos e prejuízo funcional com impacto significativo na qualidade de vida do paciente e cuidador. Recentemente, novos critérios diagnósticos de demência foram propostos pela Associação de Psiquiatria Americana (DSM-5), além da reformulação dos domínios cognitivos e inclusão de cognição social, a síndrome passou a ser denominada transtorno neurocognitivo maior. O objetivo principal do estudo é avaliar o impacto das mudanças dos critérios diagnósticos nas estimativas de prevalência da síndrome demencial. Para determinar a frequência de diagnóstico de demência, testes neurocognitivos serão aplicados a todos os indivíduos com mais de 60 anos que moram na área de abrangência de um programa de saúde da família de São Carlos. Além disso, os participantes serão avaliados por psiquiatra treinado para determinar o diagnóstico de demência/transtorno neurocognitivo maior segundo os critérios propostos pelo DSM-IV e DSM-5. (AU)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ANA JULIA DE LIMA BOMFIM; RAFAELA ANDREAS DOS SANTOS RIBEIRO; MARCOS HORTES NISIHARA CHAGAS. Recognition of dynamic and static facial expressions of emotion among older adults with major depression. Trends in Psychiatry and Psychotherapy, v. 41, n. 2, p. 159-166, Jun. 2019. Citações Web of Science: 1.
DAIENE DE MORAIS FABRÍCIO; TIAGO DA SILVA ALEXANDRE; MARCOS HORTES NISIHARA CHAGAS. Frailty and cognitive performance in older adults living in the community: a cross-sectional study. ARCHIVES OF CLINICAL PSYCHIATRY, v. 46, n. 6, p. 151-155, Dez. 2019. Citações Web of Science: 0.
LUCHESI, BRUNA MORETTI; DE OLIVEIRA, NATHALIA ALVES; DE MORAIS, DAIENE; DE PAULA PESSOA, REBECA MENDES; PAVARINI, SOFIA CRISTINA I.; CHAGAS, MARCOS HORTES N. Factors associated with happiness in the elderly persons living in the community. ARCHIVES OF GERONTOLOGY AND GERIATRICS, v. 74, p. 83-87, JAN 2018. Citações Web of Science: 2.
TAIS FRANCINE DE REZENDE; ANA JULIA DE LIMA BOMFIM; NATÁLIA MOTA DE SOUZA CHAGAS; FLÁVIA DE LIMA OSÓRIO; MARCOS HORTES NISIHARA CHAGAS. Convergent validity of the Brazilian version of the Theory of Mind Task Battery for the assessment of social cognition in older adults. ARCHIVES OF CLINICAL PSYCHIATRY, v. 45, n. 3, p. -, Maio 2018.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.