Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de anticorpos monoclonais e aptâmeros anti-troponina I para diagnóstico rápido de doenças cardiovasculares

Processo: 14/21698-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de novembro de 2015 - 31 de julho de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Carolina Colombelli Pacca
Beneficiário:Carolina Colombelli Pacca
Empresa:Dnapta Biotecnologia Ltda (DNAPTA)
Município: São José do Rio Preto
Assunto(s):Doenças cardiovasculares  Infarto do miocárdio  Biomarcadores  Troponina I  Aptâmeros de nucleotídeos 

Resumo

A incidência de cardiopatias isquêmicas tem aumentado na população mundial atualmente, o que configura uma das principais causas de mortalidade. Segunda a Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2008, aproximadamente 17 milhões de pessoas morreram em decorrência a doenças cardiovasculares (DC), sendo que mais de 80% das mortes aconteceram em países subdesenvolvidos. A previsão para 2030 é que mais de 30 milhões de pessoas serão acometidas de DC e possivelmente morrerão. O diagnóstico é baseado em critérios da OMS, onde o paciente deve apresentar dor característica no tórax, mudanças no eletrocardiograma de diagnóstico e elevação de biomarcadores séricos. O diagnóstico prematuro das doenças cardiovasculares é de grande importância devido ao prognóstico do paciente ser mais eficaz. Os marcadores de necrose do miocárdio são importantes indicadores para o diagnóstico, dentre eles, a proteína Troponina I é considerada a análise bioquímica padrão para o Infarto Agudo do Miocárdio. Devido à necessidade da rápida dosagem da Troponina I, testes point of care devem ser desenvolvidos e implementados de forma a reduzir o tempo de diagnóstico e melhorar o prognóstico do paciente. A Imunocromatografia de fluxo lateral (Lateral Flow) é uma metodologia que gera rápida detecção e amplamente utilizada no mundo, movimentando milhões de dólares, sendo utilizada em várias áreas (médica, veterinária, alimentar).O projeto proposto para esta fase tem como objetivo principal desenvolver ensaios Imunocromatográficos de fluxo lateral (Lateral Flow) para a detecção da Troponina I, utilizando aptâmeros específicos para a proteína e anticorpos monoclonais anti-Troponina I. Além disto, serão realizados testes de limiar de detecção, testes de sensibilidade e especificidade relativa (ELISA e Lateral Flow comercial) com a proteína recombinante em amostras clínicas de resultado conhecido.Com o sucesso obtido na presente proposta, teremos a base para o desenvolvimento de biosensores eletroquímicos, a ser solicitado em Fase 2, para a geração de uma plataforma de detecção. Em suma, o sucesso das metas e objetivos a serem alcançados com o desenvolvimento do projeto proposto, a empresa poderá oferecer ao mercado nacional um kit rápido de detecção da Troponina I, específico, produzido em larga com custo mais acessível. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.