Busca avançada
Ano de início
Entree

Graciliano Ramos e a "Cultura Política": Mediação Editorial e Construção do Sentido

Resumo

Este livro tem como objetivo estudar os quadros nordestinos publicados por Graciliano Ramos na revista getulista Cultura Política, principal publicação do Departamento de Imprensa e Propaganda (DIP), do Estado Novo, entre março de 1941 e maio de 1943. Levando-se em conta a materialidade de tais escritos, ou seja, o fato de terem sido veiculados num suporte editorial e num tempo específicos, procura-se examinar os efeitos de sentido por eles produzidos no periódico oficial, bem como as estratégias empregadas pelo artista para mover-se em meio a um terreno minadíssimo, de articulações políticas comprometedoras, durante o regime de 1937. Como se depreende da análise dos textos propriamente ditos e dos debates culturais dos quais estes participavam, observa-se que o escritor, no momento em questão, parecia equilibrar-se sobre o fio de uma navalha: se de um lado a necessidade de colaboração impunha-se, de outro, percebe-se, na seleção das tópicas, no gênero e no modo de elocução adotados em seus "Quadros e Costumes do Nordeste" (nome da seção em que estes foram estampados inicialmente), seu receio em comprometer-se com os postulados do governo ditatorial. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)