Busca avançada
Ano de início
Entree

Expressão de proteínas estruturais de Alphavirus em células S2 (D. melanogaster) para estudos de imunização e diagnóstico

Processo: 15/11327-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2015 - 30 de novembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Renato Mancini Astray
Beneficiário:Renato Mancini Astray
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Carlos Augusto Pereira ; Soraia Attie Calil Jorge
Bolsa(s) vinculada(s):17/02386-4 - : desenvolvimento do procedimento de microscopia de fluorescência para identificação das proteínas virais nas membranas das células S2, BP.TT
16/03856-1 - Desenvolvimento do procedimento de microscopia de fluorescência para identificação das proteínas virais nas membranas das células S2, BP.TT
Assunto(s):Virologia  Alphavirus  Vírus Mayaro  Vírus Chikungunya  Drosophila melanogaster  Expressão de proteínas  Imunização  Técnicas e procedimentos diagnósticos 

Resumo

Recentemente a transmissão do vírus Chikungunya (CHIKV) foi reportada pela primeira vez na América Central e Caribe, resultando consequentemente na introdução do CHIKV no Brasil, através da transmissão zoonótica pelos mosquitos vetores do gênero Aedes spp, amplamente distribuídos pelo país, desencadeando uma série de alertas epidemiológicos. Além disso, mais especificamente nas regiões de floresta amazônica, circula outro membro de importância médica da família dos Alphavirus, o vírus Mayaro (MAYV). Estudos apontam para uma possibilidade real de urbanização do MAYV, dado sua possibilidade de transmissão por vetores do gênero Aedes spp, embora seu vetor primordial continue sendo os mosquitos do gênero Haemagogus sp. Estratégias de controle e prevenção da infecção desses Alphavirus são evidentemente necessárias. Nesse sentido este trabalho propõe a expressão recombinante e análise das proteínas estruturais e imunogênicas desses Alphavirus, de maneira a possibilitar futuros estudos da utilização dessas preparações para fins de imunização e diagnóstico. Será utilizado o sistema S2 (Drosophila melanogaster), amplamente estudado por nosso grupo de pesquisa, para expressar as proteínas estruturais do CHIKV ou MAYV. A estratégia de clonagem das proteínas estruturais foi estabelecida de forma a possibilitar que a expressão dessas proteínas promova a formação de partículas semelhantes a vírus ou VLP (virus like particle), que deverão ser encontradas no sobrenadante das culturas. (AU)