Busca avançada
Ano de início
Entree

Evidence of cAMP involvement in cellobiohydrolase expression and secretion by Trichoderma reesei in presence of the inducer sophorose

Processo: 15/20374-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de janeiro de 2016 - 30 de junho de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Biologia e Fisiologia dos Microorganismos
Pesquisador responsável:Roberto Do Nascimento Silva
Beneficiário:Roberto Do Nascimento Silva
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Celulase  Trichoderma reesei 

Resumo

A sinalização do segundo mensageiro AMP cíclico (cAMP) regula muitos aspectos da função celular em todos organismos. Estudos anteriores sugeriram um papel para cAMP na regulação da expressão gênica das enzimas celulolíticas em Trichoderma reesei (anamorfo de Hypocrea jecorina). Os efeitos do AMPc em T. reesei foram analisados através tanto da atividade e expressão de celulases, quantificação intracelular do nível de cAMP, western blot, imunofluorescência indireta e microscopia confocal. Para elucidar o envolvimento do cAMP na expressão da celulase, analisou-se o crescimento da linhagem mutante ”acy1 e QM9414 sua linhagem parental na presença de indutores de celulose, celobiose, lactose, ou soforose, e o repressor glicose. Os nossos resultados indicam que o AMPc regula a expressão de celulase de forma fonte de carbono dependente. A expressão de cel7a e cel6a foi mais elevada na presença de soforose do que na presença de celulose, lactose, celobiose ou glicose. Além disso, os níveis intracelulares de AMPc foram até quatro vezes maior na presença de soforose em comparação com outras fontes de carbono. Concomitantemente, a microscopia de imunofluorescência e os dados de Western blot sugerem que, na presença de soforose, AMPc podem regular a secreção de enzimas celulolíticas em T. reesei. Estes resultados permitem-nos compreender melhor o papel do cAMP e expandir nosso conhecimento sobre as vias de transdução envolvidas na regulação da expressão de celulase em T. reesei. Finalmente, nossos dados podem ajudar a desenvolver novas estratégias para melhorar a expressão de genes e cel6a cel7a, e portanto, favorecer a sua aplicação em diversas campos de biotecnologia. (AU)