Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento e avaliação de sistemas de liberação de ácido retinóico constituídos por micropartículas de k-carragena veiculadas em emulsões providas, ou não, de estruturas líquido-cristalinas

Processo: 15/02129-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2016 - 30 de abril de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia
Pesquisador responsável:Gislaine Ricci Leonardi
Beneficiário:Gislaine Ricci Leonardi
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Pesq. associados:Fabiana Perrechil Bonsanto
Assunto(s):Pele  Cristais líquidos  Ácido retinoico 

Resumo

O ácido retinóico vem sendo empregado para disfunções descamativas da pele como psoríase, no tratamento anti-aging, em processos acnéicos, no tratamento auxiliar de disfunções relacionadas às discromias e como agente de renovação celular. Independentemente da sua aplicação, a problemática envolvendo este fármaco pode ser compreendida em duas vertentes: a primeira, que se refere a uma propriedade intrínseca molecular, representada pela sua grande instabilidade, sendo um fármaco altamente susceptível a oxidação. A segunda vertente problemática está relacionada com a incidência de efeitos adversos, que podem prejudicar o seguimento terapêutico. Desta forma, esta pesquisa tem como objetivos desenvolver micropartículas biopoliméricas de K-carragena contendo ácido retinóico, e incorporá-las em sistemas tradicionais e em sistemas providos de estruturas liquido-cristalinas, para obtenção de produtos dermatológicos mais estáveis com este fármaco, e consequentemente mais eficazes, e ainda com possibilidade de minimizar o risco de irritações na pele, devido a liberação gradual e prolongada do fármaco. Além disso, estudo de permeação passiva e iontoforética com as formulações de ácido retinóico microencapsulado será realizado visando reconhecer o perfil de permeação deste ativo, buscando também explorar a ação target iontoforética (ação direcionada para efeito na pele) do ácido retinóico, que pode assegurar menor chance de absorção sistêmica e maior eficácia tópica. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE OLIVEIRA, ERIKA C. V.; DA MOTTA, VALERIA R. V.; PANTOJA, PAOLA C.; ILHA, CAROLINA S. DE O.; MAGALHAES, RENATA F.; GALADARI, HASSAN; LEONARDI, GISLAINE R. Actinic keratosis - review for clinical practice. INTERNATIONAL JOURNAL OF DERMATOLOGY, v. 58, n. 4, p. 400-407, APR 2019. Citações Web of Science: 6.
POMPEU RAMINELLI, ANA CLAUDIA; ROMERO, VALERIA; SEMREEN, MOHAMMAD H.; LEONARDI, GISLAINE RICCI. Nanotechnological Advances for Cutaneous Release of Tretinoin: An Approach to Minimize Side Effects and Improve Therapeutic Efficacy. Current Medicinal Chemistry, v. 25, n. 31, p. 3703-3718, 2018. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.